Inovação

Três temas relevantes na transformação digital, segundo a McKinsey

publicado 25/05/2017 13h27, última modificação 25/05/2017 13h27
São Paulo - Segundo Alexandre Montoro, todos os setores da iniciativa privada serão atingidos pela digitalização

O presente já é digital. Com milhões de informações circulando por minuto e acelerando as mudanças no mundo, os negócios são afetados também com uma velocidade alta. Segundo Alexandre Montoro, sócio da McKinsey, todos os setores da iniciativa privada serão atingidos pela digitalização.

“Se analisarmos o Uber, Facebook e Airbnb, são organizações que não têm ativos. Elas têm dados. Esses dados possibilitam que eles entendam muito da experiência do cliente e consigam constantemente e rapidamente se adaptar, ditando essa mudança no modelo de negócios”, exemplificou, durante o comitê estratégico de Marketing da Amcham - São Paulo, no dia 17/05.

Montoro enumere três temas que considera os mais importantes dentro da transformação digital no setor privado. São eles:

1- Armazenamento em nuvem (cloud)

O espaço ilimitado para armazenar as informações é essencial para essa disrupção. “Isso é importante porque, se tivesse limitação de espaço, a evolução também seria limitada”, aponta.

2- Internet das Coisas (Internet of Things, ou IoT)

De acordo com Montoro, até 2020, mais de 50 bilhões de dispositivos estarão conectados e farão parte dessa rede de internet das coisas. Esse processo é essencial para o universo digital. A partir desses dispositivos serão gerados dados brutos - que, posteriormente, serão usados para tomada de decisão nos negócios.

Estimativas apontam que a IoT pode adicionar de quatro a 11 trilhões de dólares a economia global até 2025. “Isso através de novos modelos de negócios, aumento de eficiência e produtividade através do monitoramento de máquinas. Além disso, tem a questão de ganho para a sociedade, que não é necessariamente é direto no negócio. Um exemplo é, por exemplo, cidades inteligentes. Quanto mais inteligente uma cidade, mais fácil se locomover, fico menos tempo no transporte, vou ser mais produtivo no trabalho, há menos CO2 na atmosfera, etc”, lista o especialista.

3- Advanced Analytics

Após a coleta de dados, é necessário migrar da informação para o impacto através de insights. Advanced Analytics é a tendência digital que vem para realizar essa etapa e, assim, avançar na tomada de decisão. Esses sistemas ajudam as empresas ao utilizar dados para realizar previsões, apontar como otimizar processos e simular diferentes situações de mercado no futuro.

Para alavancar o digital nas organizações, é necessário investir em algumas frentes. Montoro cita a revisão e definição da estratégia (como melhorar a experiência do cliente, otimizar processos, novos negócios e novas plataformas), agilidade de processos e inovação, novos talentos e investimento na estrutura de tecnologia.