Balanço de pagamentos fecha julho com maior saldo em dois anos

publicado 26/08/2014 15h52, última modificação 26/08/2014 15h52
São Paulo - Superávit de US$ 5,2 bilhões é o maior desde abril de 2012
pagamentos-capa.jpg-6642.html

O balanço de pagamentos (transações comerciais, serviços e renda mais investimentos) apresentou superávit de US$ 5,2 bilhões, maior saldo registrado desde abril de 2012, segundo dados do Banco Central.

No acumulado do ano, o país apresenta um saldo de US$ 17,2 bilhões; 155% maior do que o apresentado no mesmo período do ano anterior.

Essa melhora no desempenho do setor externo brasileiro se dá principalmente por melhorias nos saldos das contas de transações comerciais e de investimentos diretos, ao longo do ano.

Até agora, o Brasil apresenta um déficit de US$ 918 milhões em transações comerciais; situação muito melhor se comparado ao saldo no mesmo período do ano anterior, que era de US$ 4,97 bilhões .

A conta de Investimento Estrangeiro Direto segue elevada. O saldo de julho – US$ 8,3 bilhões – é o maior desde novembro do ano passado; e em comparação a julho de 2013, mais que dobrou.

Ao fim de 2013, o saldo anual da balança de pagamentos foi deficitário em US$ 5,9 bilhões, devido, principalmente, ao fraco desempenho nos últimos 5 meses do ano. Em relação aos primeiros 7 meses, o Brasil mostrou grande evolução neste ano, o que traz mais esperanças de que os últimos meses de 2014 sejam também melhores que 2013 e o país volte a fechar o ano com um saldo positivo na balança de pagamentos.

registrado em: