Brasil avança uma posição e fica em 79º em ranking de IDH, segundo Nações Unidas

publicado 25/07/2014 14h22, última modificação 25/07/2014 14h22
São Paulo - País registra avanço, mas é apenas o quinto entre os sulamericanos
indice-de-desenvolvimento-humano.jpg-813.html

O Brasil faz parte do grupo de países de alto desenvolvimento humano, segundo Relatório de Desenvolvimento Humano de 2014, realizado pelo Programa de Desenvolvimento das Nações Unidas (UNDP). O relatório avalia índices de qualidade de vida como saúde, educação, renda e segurança e contempla 187 países. A pontuação varia de 0 (desenvolvimento humano baixo) a 1 (desenvolvimento humano muito alto).

O Brasil obteve pontuação 0,744, é considerado um país de alto desenvolvimento humano e está na 79ª posição no ranking, uma a mais do que o anterior - na última edição o Brasil estava na 85ª posição, porém no relátorio atual houve uma mudança na metodologia, que fez com que o país avançasse para 80º. O ranking é liderado pela Noruega, que obteve 0,944 pontos; e o último colocado é Niger com 0,337 pontos. Segundo o relatório, o Brasil registrou expectativa de vida de 73,9 anos, média de tempo de estudo de 7,2 anos, 15,2 anos de expectativa de estudo e uma renda per capita de US$ 14,275 por ano.

Considerando os países da América do Sul, apenas o Chile(41º) e a Argentina(49º) são considerados países de desenvolvimento humano muito alto (acima de 0,8 pontos). Além desses, o Brasil também se encontra atrás de Uruguai (50º) e Venezuela (67º).

Entre os BRICS, grupo que reúne as cinco principais economias emergentes do mundo, o Brasil ficou em segundo lugar, atrás apenas da Rússia (57º). China (91º), África do Sul (118º) e Índia (135º) completam o ranking.

Para ter acesso ao relatório completo, clique aqui. Ou, se preferir, acesse o site: http://hdr.undp.org/en

Conteúdo
HumanDevelopmentReport2014.pdf por admin — última modificação 28/07/2014 13h25
registrado em: