Em 96 anos, Amcham Brasil terá primeira mulher como CEO

publicado 22/09/2015 09h03, última modificação 22/09/2015 09h03
São Paulo - Deborah Vieitas substituirá Gabriel Rico, que esteve à frente da entidade nos últimos oito anos
primeira-foto01.jpg-6802.html

A partir de 1º de outubro, Deborah Vieitas substituiGabriel Rico como CEO da Amcham Brasil. Será a primeira mulher à frente da Amcham-Brasil nos seus 96 anos de existência.

Com sólido histórico na direção de grandes instituições financeiras e na direção da Associação Brasileira de Bancos Estrangeiros (ABBI), Deborah trará para a Amcham a experiência acumulada à frente de instituições como o Banco Caixa Geral- Brasil, parte do maior conglomerado financeiro português, Banco BNP Paribas, Banco CCF Brasil e Unibanco.

Some-se a  este histórico, uma grande experiência internacional . Deborah é mestre em Administração pela Fundação Getúlio Vargas e pela École Nationale  d’Administration (ENA)  da França.  Foi eleita pelo jornal Valor uma das 10 melhores executivas do País em 2014.

Gabriel Rico, que esteve à frente da Amcham-Brasil nos últimos oito anos,  foi responsável pela consolidação da Amcham como a maior associação empresarial do País, fora do sistema sindical, com  presença em 14 cidades espalhadas pelo Brasil. Ele  decidiu dedicar-se  a projetos pessoais e permanecerá na entidade até o fim do ano, como apoio à transição de sua sucessora.

Sobre a Amcham Brasil

Fundada em 1919, a Amcham Brasil é hoje a maior Câmara Americana, entre 104 existentes fora dos EUA.

Com cerca 5 mil empresas associadas no país, sendo 85% delas brasileiras, a entidade é a provedora do mais ativo conjunto de produtos e serviços empresariais. Anualmente, são mais de 2 mil atividades (entre eventos, fóruns e missões empresariais), reunindo público de mais de 70 mil empresários e executivos de empresas de todos os portes e segmentos econômicos.

A entidade, com sede em São Paulo, conta com 13 escritórios regionais (Belo Horizonte, Brasília, Campinas, Campo Grande, Curitiba, Fortaleza, Goiânia, Joinville, Recife, Ribeirão Preto, Salvador, Porto Alegre e Uberlândia). A entidade emprega mais de 360 pessoas em todo o país. 

registrado em: