Empresa que soma: conheça o case de solidariedade do UnitedHealth Group no enfrentamento à pandemia

publicado 03/06/2020 16h00, última modificação 03/06/2020 16h00
Brasil – Holding da Amil doou R$ 38 milhões para apoiar o país desde produção de testes até a cessão de hospitais a prefeituras
amil uhg coronavírus movimento soma.jpg

O enfrentamento do coronavírus é um desafio que exige esforços de todos – e as empresas não ficam de fora. A nossa plataforma Soma, lançada em abril, já conta com inúmeras iniciativas importantes das organizações privadas durante esse momento. Dentre elas, a doação de R$ 38 milhões do UnitedHealth Group Brasil, controlador da Amil e do grupo médico-hospitalar Americas Serviços Médicos, para prestar assistência urgente a grupos vulneráveis no Brasil.

Ao todo, 11 projetos estão sendo beneficiados. As ações incluem a habilitação de leitos hospitalares para aumento da capacidade de atendimento do sistema público de saúde, incentivo à produção de equipamentos de proteção para profissionais da saúde pública e suporte social por meio de doações e geração de renda para grupos vulneráveis.

Segundo José Carlos Magalhães, CEO do UnitedHealth Group Brasil, a emergência de saúde pública da COVID-19 agravou os muitos desafios enfrentados pelos residentes mais vulneráveis do Brasil, como profissionais de saúde, moradores de comunidades e pessoas que perderam seus empregos. “Esse aporte de R$ 38 milhões é, sem dúvida, o maior compromisso global que já assumimos, o que faz jus a uma situação igualmente sem precedentes”, pontua.

A companhia aportará os recursos principalmente nos estados de São Paulo e Rio de Janeiro, onde estão localizados 30 de seus 35 hospitais e grande parte de seus clientes de planos de saúde. “O mundo está passando por um momento sem precedentes e nos sentimos na obrigação de ajudar a fazer o sistema de saúde funcionar melhor para todos”, comenta Magalhães.

O valor apoiará os mais duramente afetados pela COVID-19 no Brasil, como comunidades carentes e pessoas que enfrentam falta de moradia e insegurança alimentar. Os recursos também preveem apoio aos profissionais de saúde que atuam na linha de frente. Veja abaixo a atuação da companhia em cada um dos 11 projetos apoiados:

 

FIOCRUZ: R$ 7,5 milhões serão direcionados ao fundo emergencial da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), por meio do programa Unidos Contra a Covid-19 (Unidos.fiocruz.br). Deste montante, R$ 6 milhões serão destinados à produção e fornecimento de testes de diagnóstico, que serão enviados ao sistema público de saúde, e R$ 1,5 milhão para ações de ajuda humanitária no Complexo da Maré, no Rio de Janeiro.

GERANDO FALCÕES: Doação de R$ 1.250.000 para o fornecimento de 12.500 cestas de alimentos e artigos de higiene para os moradores de favelas de São Paulo, beneficiando a mais de 4 mil famílias por três meses.

REDE ASTA E ATADOS: O UnitedHealth Group Brasil doará R$ 900 mil para a confecção de 400 mil máscaras que serão destinadas ao sistema público de saúde. Após a fabricação das máscaras, o UnitedHealth Group Brasil pagará pela produção de cada uma delas, gerando renda para 135 costureiras associadas.

INSTITUTO BUTANTAN: R$ 5 milhões serão aportados para o Instituto Butantan, que atua como fornecedor de hospitais do SUS em São Paulo, para financiar a compra de kits de diagnóstico de COVID-19 e outros equipamentos médicos para uso pelo sistema público.

ALIMENTO SOLIDÁRIO: Por meio desse projeto do Governo do Estado de São Paulo serão doados R$ 500 mil ao fundo especial que fornecerá produtos de higiene e alimentos a 4 milhões de pessoas.

SOS 3D: Doação de R$ 150 mil para a fabricação de máscaras em acetato para profissionais de saúde da linha de frente do sistema público.

HOSPITAL SÃO FRANCISCO: Aporte de R$ 5 milhões para a reabertura de 110 leitos no Hospital São Francisco na Providência de Deus (HSF), que mantinha parte deles fechados por insuficiência de recursos e agora serão disponibilizados para pacientes do SUS.

HOSPITAL SUMARÉ: No estado de São Paulo, será cedida a estrutura de internação do hospital Saint Vivant, em Sumaré. Através de acordo de comodato, essa estrutura disponibilizará 20 novos leitos para a população local.

HOSPITAL VITÓRIA PR: Acordo feito com a prefeitura de Curitiba para que 140 leitos do hospital Vitória, localizado na Cidade Industrial, sejam usados pelo sistema público.

HOSPITAL VITÓRIA SANTOS: Em Santos, será cedida a estruturas de internação do hospital Vitória, através de acordo de comodato. Essa estrutura disponibilizará 130 novos leitos para a população local.

DOAÇÃO DE MÁSCARAS: R$ 11 milhões em máscaras para uso por profissionais de saúde serão destinados ao Governo do Estado do Rio de Janeiro.

 

O QUE É O SOMA

Lançado no dia 15 de abril, o Movimento Soma é a nossa plataforma que une governos, empresas e sociedade na construção de soluções para o combate ao coronavírus. Um dos pilares do Soma é conectar o poder público ao setor privado, divulgando as principais necessidades de municípios, estados e União para que as empresas possam ajudar. Para se juntar a esse movimento, compartilhe conosco sua ação, necessidade ou solução no [email protected]