Foi o pior resultado das relações comerciais em toda a história: um déficit de US$ 4,06 bilhões.

Janeiro tem o pior saldo comercial da história

por Pedro Antônio Cássio Silva — publicado 04/02/2014 14h39, última modificação 04/02/2014 14h39
São Paulo - Foi o pior resultado das relações comerciais em toda a história: um déficit de US$ 4,06 bilhões
balanca-comercial-bilhoes-gbarras.jpg-2929.html

O saldo da balança comercial que, no ano passado,  já havia registrado o menor resultado em um ano fechado, desde 2000, em janeiro de 2014 estabeleceu um novo recorde negativo: a diferença entre exportações e importações resultou em déficit de US$ 4,06 bilhões. Em janeiro de 2013 o saldo comercial foi de US$ 4,04 bilhões negativos, resultado de exportações de US$ 15,97 bilhões e importações de US$ 20,01 bilhões. No mês passado, as exportações apresentaram uma leve alta de 0,38% em relação a janeiro do ano anterior e encerraram o mês em US$ 16,03 bilhões. Em contrapartida as importações de janeiro somaram  US$ 20,09 bilhões também com elevação de 0,38% sobre janeiro de 2013.

Entre os 10 piores saldos mensais em toda a história, quatro foram registrados nos últimos 12 meses. O que torna os números de janeiro um pouco menos assustadores é o fato de que, à luz dos anos anteriores, um déficit desse tamanho não deve se repetir nos outros meses. Nos últimos seis anos, o piores resultados aconteceram justamente no primeiro mês do ano. Isso ocorre porque a entresafra agrícola e as férias coletivas nas empresas acabam prejudicando as exportações, enquanto a reposição dos estoques incrementa as importações, entre outros fatores.

 

registrado em: