Saiba como o programa Global Entry, de facilitação de entradas de visitantes nos EUA, vai funcionar

publicado 27/11/2019 10h26, última modificação 03/12/2019 17h22
Brasil – Programa para agilizar a entrada de visitantes aos Estados Unidos é defendida pela Amcham para uma parceria mais ambiciosa entre os dois países
Em Washington, CEOs e autoridades brasileiras e americanas debatem propostas para aumentar o comércio e investimentos bilaterais.jpg

Em Washington D.C., CEOs e autoridades brasileiras e americanas debatem propostas para aumentar o comércio e investimentos bilaterais

O Global Entry, programa americano que desburocratiza a entrada de estrangeiros nos Estados Unidos, começa a ser testado no Brasil. O anúncio foi feito pelo Ministério da Casa Civil em 25/11. Os primeiros participantes serão um grupo de 20 executivos brasileiros que participam do diálogo empresarial CEO Fórum Brasil-EUA, que acontece em Washington.

Essa fase experimental, que iniciará em breve, permitirá identificar as necessidades técnicas e operacionais para o lançamento de uma fase piloto e, posteriormente, para a execução plena e ampliada do programa”, segundo o ministério.

Os participantes têm que cumprir pré-requisitos de qualificação e ser considerados cidadãos de baixo risco. Eles não estão isentos da exigência de visto, mas terão sua entrada facilitada no momento da chegada aos EUA.

Participando da delegação brasileira do CEO Fórum, a nossa CEO, Deborah Vieitas, disse que a adesão ao programa é um passo importante para incentivar o comércio e os investimentos bilaterais. “O Global Entry é o primeiro anúncio feito aqui no CEO Fórum. É o início do processo de construção de uma relação bilateral mais forte e achamos isso bastante importante”, afirma.

Na capital americana, Vieitas se reuniu com empresários e autoridades americanas e disse que encontrou muita predisposição para os negócios. “O clima em todas as reuniões é extremamente positivo e nós, da Câmara Americana, trabalhamos para ver o desenvolvimento dessa relação. Saímos muito satisfeitos com os resultados”, acrescenta.

O PASSO A PASSO

O primeiro passo do usuário do Global Entry é se dirigir a uma das maquinas do programa nos mais de 30 aeroportos americanos – Miami, Nova York, Chicago e Los Angeles entre eles. Elas normalmente ficam localizadas perto das cabines de imigração.

Nos quiosques do Global Entry, o usuário escaneia o passaporte ou green card e também fornece as impressões digitais. Ali, ele preenche uma rápida declaração aduaneira e recebe um tíquete da transação liberando o seu acesso à esteira de bagagem e à saída do aeroporto. O visto de Global Entry custa cem dólares e dura cinco anos.

A entrada do Brasil no Global Entry é uma das dez propostas que defendemos, em julho, para uma parceria mais ambiciosa entre Brasil e Estados Unidos. A medida também foi indicada como o principal interesse de curto prazo da agenda bilateral, em Pesquisa Amcham realizada em 2019 com altos executivos.

Em linha com o compromisso assumido pelos presidentes do Brasil e dos Estados Unidos em março de 2019, esperamos que a conclusão da entrada integral do Brasil no Global Entry ocorra com a maior brevidade possível, o que contribuirá para impulsionar o fluxo de empresários brasileiros em direção aos Estados Unidos, estimulando negócios e investimentos em ambos os sentidos.

GUIAS DE NEGÓCIOS, MISSÕES E VISTOS

Para ajudar investidores brasileiros nos EUA, também disponibilizamos guias temáticos de negócios que podem ser baixados aqui. As publicações voltadas ao mercado americano incluem temas como obtenção de vistos (residência permanente, EB-5), abrir empresas nos EUA, gerenciar impostos e como fazer negócios na Georgia e Texas.

Também realizamos missões empresariais de negócios em temas como Inovação, Transformação Digital, Advocacy, Compliance. Nos últimos anos, conduzimos mais de 20 missões internacionais que levaram 225 altos executivos para visitas técnicas e networking estratégico em empresas e instituições mundiais renomadas, como Google, Linkedin, The George Washington University e Universidade de Nova York.

Além disso, contamos com uma equipe especializada em apoiar pessoas e empresas na emissão de vistos americanos. Em parceria com a Embaixada dos Estados Unidos, assessoramos e aconselhamos nossos associados e não-associados sobre todas as etapas do processo de concessão dos mais variados tipos de vistos de turimo, negócios e estudos. Para mais informações sobre o serviço, entre em contato via [email protected] ou ligue (11) 5180.4676.