Amcham e Itamaraty firmam parceria para fomentar comércio e investimentos entre Brasil e EUA

por andre_inohara — publicado 29/08/2011 10h49, última modificação 29/08/2011 10h49
Brasília – Esforço conjunto deve incentivar promoções comerciais no Brasil e no exterior, missões de negócios e compartilhamento de pesquisas.

A Amcham Brasil e o Ministério das Relações Exteriores assinaram nesta quarta-feira (31/08), em Brasília, um acordo de cooperação técnica para estimular o crescimento do fluxo de comércio e investimentos entre Brasil e Estados Unidos.

A parceria foi oficializada durante o Coquetel de Lançamento 2011 do Projeto “How to do Business in Brazil”, realizado pela Amcham.

A iniciativa oficializa a parceria entre Amcham e Itamaraty em diversas ações de promoção comercial e abre espaço para uma cooperação ainda mais intensa entre as entidades com incremento de ações conjuntas, que beneficiarão empresas brasileiras na expansão de seus negócios para o mercado americano.

“Hoje colocamos no papel o que já fazíamos na prática há alguns anos. Foram 10 missões comerciais, sendo que achávamos difícil que a primeira ocorresse”, disse Gabriel Rico, CEO da Amcham.

Antes de a Amcham iniciar as missões comerciais, os empresários brasileiros que pensavam em exportar para os Estados Unidos se dirigiam inicialmente a Miami, alguns para Nova York e raramente para a Costa Leste, disse Rubens Gama, futuro diretor do Departamento de Promoções Comerciais do Itamaraty.

Gama será o substituto do embaixador Norton Rapesta, que está deixando o cargo para assumir a Embaixada do Brasil na Finlândia. A posse ocorrerá assim que a nomeação de Gama for publicada no Diário Oficial da União, o que deve ocorrer nos próximos dias.

Com a Amcham, foram realizadas as primeiras missões comerciais nos Estados Unidos com destinos como Kentucky, Arkansas e Minnesota, lembra Gama.

“Havia esse nicho na promoção comercial que soubemos identificar, e a Amcham se mostrou uma parceira impecável em termos de resposta e disposição de trabalho”, afirma.

O acordo prevê parceria em ações de promoção comercial no Brasil e no exterior, realização de missões comerciais e ainda compartilhamento de estudos e pesquisas voltadas para a promoção de comércio e atração de investimento.

registrado em: