Amcham lança iniciativa para aproximar universidades americanas e pernambucanas

por marcel_gugoni — publicado 09/08/2012 16h57, última modificação 09/08/2012 16h57
Recife – Intitulada Universidade Global, a parceria trará 15 reitores dos EUA para diálogo com instituições locais.

A Amcham-Recife lançou na última terça-feira (07/08) a iniciativa Universidade Global, que visa aproximar instituições de ensino superior dos EUA e de Pernambuco, incentivando o turismo educacional e divulgando o Estado como destino para estudantes americanos. 

Leia mais: Ciência sem Fronteiras é oportunidade para fomentar cultura de inovação industrial no Brasil

A ação é realizada em parceria com as Secretarias de Turismo e de Ciência e Tecnologia de Pernambuco, e conta com apoio do Consulado dos EUA no Recife e da Secretaria de Turismo do município. 

“Identificamos junto às universidades locais que já existem diversas parcerias formadas com instituições de ensino superior da Europa, por exemplo, mas que ainda são poucas as desenvolvidas junto aos EUA. Isso se mostrou uma oportunidade, já que vivemos um momento muito interessante para uma maior aproximação dos dois países”, justifica Alessandra Andrade Borba, gerente regional da Amcham-Recife. 

Leia mais: Novo Código de Inovação surge para melhorar ambiente regulatório de pesquisa e desenvolvimento

No evento de lançamento, na terça-feira, representantes de entidades de ensino superior de Pernambuco assistiram a palestras que mostraram as oportunidades e os desafios para ampliação do diálogo com instituições americanas. 

O encontro serviu de preparação para o segundo momento da iniciativa, que ocorrerá em novembro, quando reitores e diretores de 15 instituições de ensino superior dos EUA visitarão a capital pernambucana para rodadas de negócios com universidades locais. 

Veja aqui quais são as vantagens de ser sócio da Amcham

“As instituições de ensino tiveram neste primeiro evento um momento para refletir, planejar e compartilhar experiências, preparando-se antecipadamente para a vinda dos representantes das universidades americanas. Esta primeira etapa poderá já sinalizar ações a serem tomadas para que o intercâmbio educacional entre EUA e Pernambuco seja fortalecido”, avalia Heidi Arola, cônsul de Diplomacia Pública (Educação, Cultura e Imprensa) do Consulado dos EUA no Recife. 

Universidades americanas 

A lista de entidades americanas convidadas para o Universidade Global foi desenvolvida a partir de articulação do Consulado dos EUA junto à AASCU (sigla em inglês para Associação Americana de Universidades e Escolas Superiores Estaduais). 

Quer participar dos eventos da Amcham? Saiba como se associar aqui

Confira abaixo quais universidades já confirmaram presença na rodada de negócios em novembro: 

·         Bowie State University (Maryland);

·         California State University/Fullerton (California);

·         Montclair State University (Nova Jersey);

·         Eastern Washington University (Washington);

·         Kutztown University of Pennsylvania (Pennsylvania);

·         University of Wisconsin (Wisconsin);

·         Parkside (Wisconsin);

·         Framingham State University (Massachusetts);

·         Coppin State University (Maryland);

·         University of the District of Columbia (Wash,DC);

·         Shawnee State University (Ohio);

·          CUNY/York College (Nova York);

·         Salem State University (Massachusetts);

·         St Cloud State University (Minnesota);

·         Indiana University-Kokomo (Indiana).

A gerente regional da Amcham-Recife reforça que a iniciativa não tem como objetivo definir quais serão os acordos fechados entre as instituições de ensino dos dois países. 

“Nosso papel é fomentar a aproximação. Caberá a cada uma das universidades estabelecer em qual linha pretende atuar de acordo com o contato que fará com as instituições americanas em novembro. Nesse horizonte, podem surgir oportunidades como cursos de férias, intercâmbio entre estudantes e docentes, desenvolvimento de pesquisas conjuntas”, cita Alessandra. 

Turismo 

Para Carlos Braga, secretário de Turismo do Recife, a iniciativa também representará oportunidades de negócios para o turismo local. “Já temos conexões aéreas com os EUA, o que facilitará o a ampliação do fluxo de turistas, que pretendemos incentivar com essa articulação”, afirma. 

Leia mais: Educação é principal motor de uma economia forte, afirma governador do Missouri

“Acredito que a vinda dos reitores americanos pode ter sinergia também com diversas outras iniciativas que estão sendo articuladas para projetar Pernambuco no cenário mundial. É importante analisar que a iniciativa acontece em um momento de grande promoção de intercâmbio tecnológico, científico e cultural com foco no turismo para o Estado”, completa Marcelino Granja, secretário de Ciência e Tecnologia de Pernambuco.

registrado em: