CEO da Amcham comenta discurso do Estado da União do presidente Obama

por giovanna publicado 26/01/2012 12h50, última modificação 26/01/2012 12h50
São Paulo – Gabriel Rico destaca similaridades entre programas de governo Brasil-EUA evidenciadas na fala do americano.
gabriel.jpg

Na noite da última terça-feira (24/01), já madrugada no Brasil, o presidente Barack Obama fez o tradicional discurso do Estado da União. Na fala, o mandatário apresenta ao Congresso americano – e à nação como um todo – uma prestação de contas sobre o governo e sinaliza as prioridades da gestão para o ano que se inicia.

Para o CEO da Amcham, Gabriel Rico, a palavra de Obama evidenciou uma grande semelhança entre os programas de governo do Brasil e dos EUA.

“O discurso de Obama indica que os programas de governo de Brasil e EUA têm muitas similaridades, passando por ênfase em inovação, infraestrutura e capacitação de mão de obra. Há uma linguagem comum de governar”, diz Rico.

Outro ponto importante é o destaque dado por Obama a acordos comerciais. “Entendemos que, no atual contexto global, o Brasil é uma opção natural para um tratado bilateral”, analisa o CEO.

Na visão da Amcham, esses sinais apontados no discurso contribuem para a criação de um clima favorável para a visita que a presidente Dilma deve fazer aos EUA neste primeiro semestre deste ano.

registrado em: