Comitiva de TI embarca para missão comercial nos Estados Unidos

por simei_morais — publicado 12/04/2013 16h38, última modificação 12/04/2013 16h38
São Paulo – Visita a empresas como o Google está na agenda de benchmarking e contato com investidores

Absorver o máximo de informações para alavancar os negócios é o foco de gestores de 13 empresas de TI que embarcam neste sábado (13/04) para a missão comercial da Amcham nos Estados Unidos. Os executivos terão uma semana repleta de reuniões e palestras com investidores, pesquisadores e empresários norte-americanos.

Baseados em quatro estados brasileiros, os gestores querem estabelecer parcerias e trocar experiência com o mercado externo. “O grupo tem uma expectativa grande de, no mínimo, conhecer e levantar muitas informações dos modelos de gestão de lá que podem impulsionar suas empresas aqui. Querem ver desde como os norte-americanos captam e gerenciam aportes até as tecnologias e tendências de novos produtos e serviços”, comenta Camila Moura, gerente de Comércio Exterior da Amcham Brasil.

As empresas que participarão da missão são: E-Trust S/A (Porto Alegre); Benner (Curitiba); Socin (Ribeirão Preto); Fluxo Tecnologia da Informação (Curitiba); MRL Homeopathic International (Curitiba); Brscan Processamento de Dados e Tecnologia (Brasília); Telecorp (Curitiba); NeuroTech (Recife); Tecnofrota Soluções em Rastreamento (Recife); Pró-Digital Projetos Eletrônicos (Curitiba); Nectar (Recife); Infrati informática (Porto Alegre) e Promob (Porto Alegre).

Em Washington, eles farão visita à aceleradora FairFax Innovation Center; à associação de private equity e venture capital Mid-Atlantic Venture Association; às incubadoras Germantown Innovation Center, Bowie Business Innovation Center e Maryland International Incubator; à associação comercial Greater Washington Board of Trade; e à Embaixada do Brasil.

Em São Francisco, a comitiva visitará a feira DEMO Mobile, que concentra negócios em dispositivos móveis; à sede da rede social para empreendedores YouNoodle; à aceleradora Silicon House; e ao Lemann Center, na Universidade de Stanford. A agenda no Vale do Silício inclui também as incubadoras 500 Startups (uma das 10 melhores dos Estados Unidos) e a nestGSV Inc.; o programa para startups Explora International; a empresa Badgeville e o Google.

registrado em: