Educação é principal motor de uma economia forte, afirma governador do Missouri

por marcel_gugoni — publicado 16/04/2012 16h28, última modificação 16/04/2012 16h28
Marcel Gugoni
São Paulo – Jay Nixon participa de café-da-manhã de negócios com empresários e elogia Ciência Sem Fronteiras como importante incentivo à qualificação da mão de obra brasileira.
jaynixon195.jpg

A educação é o principal motor de uma economia forte. A avaliação é do governador do Estado do Missouri (Estados Unidos), Jay Nixon, o qual defendeu que os investimentos em treinamento e desenvolvimento dos trabalhadores são as melhores formas de uma empresa crescer. Ele participou nesta segunda-feira (16) de um café-da-manhã com empresários na Amcham-São Paulo durante a missão “Doing Business with Missouri”.

Veja mais como funciona o programa "How to Do Business and Invest in Brazil"

Em entrevista ao site após o evento, ele elogiou o programa Ciência Sem Fronteiras e afirmou que “é importantíssimo dar oportunidades de educação e treinamento de qualidade aos trabalhadores”. “Profissionais qualificados, bem treinados, são capazes de trazer mais lucros e resultados a toda a população.”

“O sistema educacional do Missouri é forte da pré-escola à universidade e vemos que isso é especialmente importante para o Brasil, que graças ao Ciência Sem Fronteiras, lançado pela presidente [Dilma Rousseff], nos permite apoiar mais acordos para ter estudantes do Brasil vindo estudar no Missouri.”

Amcham leva empresários brasileiros aos EUA para maior feira de alimentação e food service

Pelo programa, o governo - e a iniciativa privada -do Brasil vai conceder mais de 100 mil bolsas a estudantes. Os EUA concentrarão em torno de 20 mil vagas em universidades para áreas consideradas estratégicas pelo governo brasileiro, como engenharia e outras ciências exatas, produção agrícola sustentável, petróleo e gás, entre outras.

“Para mudar o ambiente de trabalho, é preciso envolver todos os trabalhadores. Garantir o treinamento e o desenvolvimento da força de trabalho é importantíssimo, e é um setor que temos que investir continuamente”, afirma. “No Missouri, [a educação] é uma das principais forças da nossa economia.”

Veja aqui quais são as vantagens de ser sócio da Amcham

Segundo ele, há oportunidades de negócios entre escolas brasileiras e as universidades Missouri State University, St. Louis University, University of Missouri e Washington University.

Parcerias bilaterais

Nixon analisa que, além de educação, há pontos de cooperação nas áreas de agrobusiness e sustentabilidade. O Estado do Missouri, ao lado do Estado do Kansas, concentra o “Animal Health Corridor”, que reúne ao menos dez empresas do setor de nutrição e medicamentos agropecuários e movimenta importante fatia deste segmento da economia.

“A agricultura é muito importante para o Estado, principalmente na área de químicos e outros itens de alto valor agregado, já que somos um dos principais polos do Animal Health Corridor”, explica. Ele aponta ainda para grandes oportunidades em pesquisas e investimentos em novas tecnologias e gêneros transgênicos – o Estado é sede da Monsanto, gigante do setor.

A área de parcerias de transporte e aviação também são apontadas por Nixon como interessantes para as empresas brasileiras. O Estado sedia a unidade de defesa e segurança aeroespacial da Boeing.

Logística e insfraestrutura são vistas pelo governador como grandes focos da parceria comercial entre as empresas do Missouri e companhias brasileiras. Ele cita a Copa do Mundo, de 2014, e os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, de 2016, como incentivos aos negócios dos dois setores. “Queremos que nossas indústrias deem as mãos às empresas do Brasil para bons negócios.”

Quer participar dos eventos da Amcham? Saiba como se associar aqui

“Já temos interessantes contatos bilaterais, por meio de companhias como Monsanto, e estamos articulando negócios com várias multinacionais”, diz. “Nossa meta agora é expandir e passar a abarcar também pequenas e médias empresas com acordos bilaterais que permitam a geração de riquezas e a criação de empregos tanto no Brasil quanto nos EUA.”

registrado em: