Quer produzir na Georgia (EUA)? A conta de luz sem imposto é uma das vantagens que o estado oferece

publicado 31/08/2018 11h51, última modificação 03/09/2018 09h01
São Paulo – A comissária de comércio Mary Waters lista estabilidade, incentivos e infraestrutura privilegiada como atrativos

No estado americano da Georgia, benefícios fiscais amplos são um dos diferenciais para atrair empresas estrangeiras. Um deles isenta as indústrias de impostos na conta de luz, exemplifica Mary Waters, comissária adjunta de comércio internacional do Departamento de Desenvolvimento Econômico da Geórgia (GDEcD, na sigla em inglês).

“Em projetos de manufatura, o estado não cobra imposto sobre o custo de energia”, disse a executiva, durante o encontro ‘Opportunities of Businesses and Investments in Georgia’ da Amcham-São Paulo na quarta-feira (29/8). Na Georgia toda venda, uso, armazenamento ou consumo de energia na fabricação de bens está isento de tributação sobre a conta de eletricidade. Aqui no Brasil, existe uma polêmica cobrança da Tarifa de Uso de Serviço de Transmissão (TUST) e Tarifa de Uso de Serviço de Distribuição (TUSD) na conta de energia.

“Somos competitivos e também a casa de quase dez mil instalações manufatureiras, sendo mais de três mil companhias internacionais. Não estaríamos lá se não fossemos um estado agressivo em termos de incentivos”, acrescenta Nico Wijnberg, diretor de Investimentos Internacionais do GDEcD.

Waters e Wijnberg se reuniram com empresários brasileiros interessados em investir nos Estados Unidos. Também participaram José Madeira, diretor-gerente do escritório da Georgia no Brasil, Kennia Somerville, oficial de comércio do Consulado dos Estados Unidos em São Paulo, Leonardo Machado, analista de negócios internacionais da Apex-Brasil, e Leonardo Sá, diretor de operações da MJV nos EUA.

O evento também marcou o relançamento do  Georgia Highlightsguia de negócios com informações econômicas sobre o estado, e disponível para download gratuito. A publicação é voltada para investidores e feito em parceria entre a Amcham-Brasil e o Estado da Georgia.

Vizinha da Flórida, a Georgia é um dos estados que mais oferecem incentivos às empresas. Há vantagens direcionadas a cada atividade econômica, destaca Madeira. “Os benefícios são um grande diferencial em relação a outros estados. Um deles é o Single Factor, onde através de uma operação lá, o produtor só paga imposto do que vende dentro da Georgia. Se vender para qualquer outro estado ou exportar, não paga.”

As facilidades fiscais são apenas um dos motivos do desenvolvimento da região, assegura Wijnberg. “Incentivos funcionam por alguns anos, mas o objetivo é oferecer um ambiente de negócios estável para que as empresas fiquem por décadas. E nosso estado tem sido eleito o mais amigável para negócios nos EUA pelos últimos cinco anos.”

Para Waters, o que torna o ambiente favorável aos negócios é a baixa interferência do estado, o qual não dita necessidades, mas ouve as comunidades sobre o que precisam e as mudanças a serem feitas.

Infraestrutura privilegiada

Wijnberg cita a infraestrutura logística da Georgia como sendo uma das mais desenvolvidas dos EUA. O aeroporto da capital Atlanta e os dois portos no litoral estão entre os dez mais movimentados do país. A qualidade da educação e da mão de obra também foram aspectos mencionados pelo executivo.

Leonardo Machado, da APEX, apresentou uma pesquisa sobre internacionalização de empresas referente ao ano de 2017. Segundo o levantamento, os Estados Unidos são o mercado mais interessante para quase 70% dos entrevistados. “Muitas empresas começam em países vizinhos, mas os Estados Unidos são o destino, de fato, mais desejado”, disse.

Para ajudar no processo de internacionalização, a Amcham oferece diferentes produtos e serviços para empresas sócias e não sócias que querem ampliar as fronteiras dos seus negócios. Para mais informações sobre os projetos, clique aqui.

Os interessados também podem contar com os guias voltados para a promoção de investimentos. Em parceria com empresas especializadas e agências de promoção estaduais e municipais do Brasil e dos EUA, a Amcham desenvolve guias para ajudar a entender diferentes aspectos de ambos os mercados. Os materiais, disponíveis para download gratuito, podem ser acessados neste link.