Relação Brasil-EUA é analisada em audiência pública no Senado Federal

publicado 03/04/2014 11h54, última modificação 03/04/2014 11h54
Brasília – CEO da Amcham participou do debate com o embaixador Carlos Antonio Paranhos e diretor do Instituto Brasil do Wilson Center
gabriel-rico-1630.html

O Senado Federal realizou hoje (03/04) audiência pública com o objetivo de debater os rumos do relacionamento do Brasil com os Estados Unidos, avaliando a situação atual, rumos e perspectivas. 

O CEO da Amcham, Gabriel Rico, participou da audiência juntamente com o subsecretário-geral Político do Ministério das Relações Exteriores, o embaixador Carlos Antonio Paranhos, e o diretor do Instituto Brasil do Centro Internacional Woodrow Wilson, Paulo Sotero.

O encontro aconteceu dentro da agenda da Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional presidida pelo senador Ricardo Ferraço (PMDB/ES).

Confira os destaques da audiência pública:

"A relação Brasil-EUA é a única que insere o Brasil na cadeia global de valor. Da pauta de exportação com os Estados Unidos, 72% são de produtos manufaturados", Gabriel Rico, CEO da Amcham

"Dilma já manifestou desagrado com o episódio da espionagem. Esta na hora de dar o episódio como superado e reorganizar agenda bilateral para desenvolver afinidades e interesses comum", senador Ricardo Ferraço

"EUA foi o 1º país a reconhecer nossa independência. A relação Brasil-EUA tem 190 anos de parceria histórica", Paulo Sotero, diretor do Instituto Brasil do Wilson Center

"Os Estados Unidos é o maior investidor estrangeiro no Brasil com estoque de investimentos de US$ 135 bilhões", embaixador Carlos Antonio Paranhos

 

registrado em: ,