Vemos o Brasil como potência global, diz Obama durante visita oficial de Dilma aos EUA

publicado 01/07/2015 10h28, última modificação 01/07/2015 10h28
São Paulo - Confira as principais medidas anunciadas pelos presidentes em encontro em Washington, na terça (30/6)
dilma-rousseff-e-barack-obama-435.html

 

Os EUA veem o Brasil como uma potência global, e não regional, disse ontem (30/6) o presidente Barack Obama, classificando o país como um parceiro "absolutamente indispensável" em esforços internacionais em áreas como mudança climática, combate ao terrorismo, redução da pobreza extrema e de saúde global.

Antes de anunciar parcerias com o Brasil, Obama reconheceu a importância do país no cenário internacional. "O Brasil é um grande ator global e eu disse para a presidente Dilma na noite passada que os Estados Unidos, por mais poderosos que nós sejamos, e por mais interessados que estejamos em resolver uma série de problemas internacionais, reconhecemos que não podemos fazer isso sozinhos", afirmou.

Confira as principais medidas anunciadas por Dilma e Obama em Washington:

Clima

- Até 2030, Brasil vai reflorestar 12 milhões de hectares;

- EUA se comprometem a reduzir emissões entre 26% e 28% abaixo dos níveis de 2005, até 2025;

- Dilma prometeu zerar desmate ilegal até 2030.

Defesa

Setores de Defesa dos dois países assinaram acordos para aumentar  parceria tecnológica e troca de informações.

Comércio

Foram assinados memorandos de facilitação de comércio e cooperação em normas técnicas; EUA devem retomar importação de carne in natura do Brasil.

Viagens

O Brasil aderiu ao “Global Entry”, programa americano que facilita a entrada nos EUA de viajantes frequentes. Governos prometeram trabalhar para dispensar visto de cidadãos brasileiros e americanos entre os dois países.

Internet

Retomada da cooperação bilateral, com reunião de grupo de trabalho sobre internet em Brasília, no segundo semestre. 

A Amcham Brasil colaborou  e apoiou a elaboração da agenda de aproximação entre os dois países.

 Agenda Dilma em Washington

Após o encontro com Obama, a presidente Dilma Rousseff participou de almoço com oferecido pelo vice-presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, com a presença de autoridades, empresários e do CEO da Amcham, Gabriel Rico. Em seguida, Dilma participou do encerramento da Cúpula Empresarial Brasil-EUA. Confira matéria completa do encontro, clicando aqui. 

registrado em: ,