Amcham Campinas lança Café Setorial Agribusiness para debater competitividade da cadeia na região

publicado 21/08/2015 16h21, última modificação 21/08/2015 16h21
Campinas – Primeira edição do encontro reuniu 80 empresários associados no ultimo dia 18/8
campinas-foto01.jpg-1371.html

A Amcham Campinas realizou, no último dia 18/08, a primeira edição do “Café da Manhã Setorial Agribusiness: Panorama atual e perspectivas”. Com a presença de mais de 80 executivos do setor, o evento trouxe para a palestra especial Miguel Doud, economista especialista em Agronegócio. Doud apontou a falta de investimentos por parte do governo como um dos maiores gargalos do setor no país.

“O agribusiness ajuda muito o país no momento de crise, ele representa cerca de 30% do PIB nacional, e é responsável por 50% de nossas exportações”, contextualiza Miguel Doud.

"De 90 á 2011 a produção agrícola cresceu 180% com apenas 28% de expansão da área de produção, isso significa alto investimento em tecnologia e ganhos expressivos de produtividade no setor."

Para o especialista, esses dados demonstram que  o setor é o grande impulsionador da economia nacional, principalmente nos momentos de crise.

 

Além de Doud, participaram do painel de debates: Guilherme Melo, membro da diretoria de agronegócio do Itaú BBA; Lieven Cooreman, CEO da Galvani Fertilizantes; Benhard Kiep, vice-presidente da AGCO América Latina; e Antonio Zem, presidente da FMC América Latina.