Em busca de mais agilidade, Receita transfere declarações de importação em Pernambuco

por andre_inohara — publicado 01/09/2011 15h48, última modificação 01/09/2011 15h48
Recife – A mudança se aplicará apenas a cargas que não necessitem de conferência física
foto_estevao_oliveira.jpg

Em busca de mais agilidade nos processos de importação em Pernambuco, a Receita Federal inicia em setembro projeto piloto de transferência de declarações das compras no exterior, do Porto de Suape para a unidade aduaneira de Recife.

A informação é de Estevão Oliveira, chefe substituto da Divisão de Administração Aduaneira da Superintendência Regional da Receita Federal.

“Vamos iniciar um piloto com a Petrobrás nos próximos 15 dias e temos boas perspectivas de lançar mão dessa alternativa para todos os usuários da Receita no Porto de Suape em breve”, explicou Oliveira, que participou do comitê de Comércio Exterior e Logística da Amcham-Recife, nesta terça-feira (30/08).

Oliveira explica que esta é uma alternativa para desafogar o grande número de declarações de importação originárias do Porto de Suape. “No primeiro semestre de 2011, nossa unidade em Suape recebeu 1.400 declarações de importação por mês”, informou.

Ele conta que a transferência das declarações será possível graças à integração dos sistemas das duas unidades aduaneiras – Suape e Recife.

De acordo com Oliveira, a nova medida será aplicada apenas à cargas que não necessitem de conferência física, como granéis, e deve influenciar principalmente os grandes importadores.

Demanda crescente

No primeiro semestre de 2011, as unidades da Receita em Pernambuco receberam em média 2.300 declarações de importação por mês.

“Este número representa aumento de 23% se comparado a 2010. Para 2012 estimamos um crescimento percentual semelhante”, analisou Oliveira. Ele atribui essa crescente à chegada de novas indústrias no Estado.

O especialista explica que, para se preparar para essa demanda, a Receita está realizando treinamentos de funcionários em outras aduanas.

“Dois funcionários já estão no Rio Grande do Sul passando pro treinamentos e mais dois viajarão para lá em breve”, comentou.