Em Goiânia, seminário Brasil 2016 reúne 160 executivos com palestras da Fitch e Banco Safra

publicado 24/02/2016 15h53, última modificação 24/02/2016 15h53
Goiânia - Encontro contou com abertura de Ana Carla Abrão, secretária estadual da Fazenda de Goiás
goiania-pic01.jpg-1362.html

Para traçar as perspectivas econômicas Brasil e Mundo, a Amcham Goiânia promoveu hoje (24/2) edição do Seminário Brasil 2016. Com platéia de mais de 160 empresários locais, o encontro contou com palestra de Rafael Guedes, diretor da Fitch Ratings Brasil, e de Carlos Kawall, economista-chefe do Banco Safra.

Na visão deles, a economia chinesa deve ser um ponto de observação dos empresários. "A desaceleração da China vai influenciar negativamente toda a economia global", disse o executivo do Safra

A abertura do encontro ficou por conta de Ana Carla Abrão, secretária da Fazenda do Estado de Goiás. Na visão dela, o momento ruim da economia deve servir para muitas empresas e governo se organizarem produtivamente e financeiramente. 

Seminário em Brasília 

Na quinta-feira, dia 25/2, foi a vez da Amcham Brasília promover edição do Seminário Brasil 2016. O encontro contou também com a participação do Rafael Guedes, da Agência Fitch, e também do Marcelo Kfoury, economista-chefe do Citi Brasil, com a presença de mais de 100 executivos da capital federal. 

Em Brasília, Rafael Guedes detalhou os pontos centrais do enfraquecimento da economia brasileira. "Os fatores que levaram o Brasil ao rebaixamento para grau especulativo foram: aprofundamento da recessão econômica, piora da perspectiva fiscal e as dificuldades políticas" 

Acompanhe a agenda completa de atividades da Amcham no www.amcham.com.br/acontece