Fake News: educadora americana Esther Wojcicki debate na Amcham educação como saída

publicado 10/05/2018 15h55, última modificação 14/05/2018 16h51
São Paulo – Neca Setubal (Fundação Tide Setubal) e Priscila Cruz (Todos Pela Educação) formam painel com Wojcicki

A jornalista e educadora americana Esther Wojcicki é reconhecida internacionalmente pelo combate às fake news [conteúdo falso produzido na internet para criar sensacionalismo e atrair audiência] por meio da conscientização de alunos de ensino médio. Ela será a convidada de honra do almoço com empresários 'Education Lunch: (Re)Pense Educação e Tecnologia' na Amcham-São Paulo na sexta-feira (18/5), das 12h às 14h30Para mais informações, clique aqui.

Na Amcham, Wojcicki compartilha casos reais de como o ensino de jornalismo despertou o espírito crítico de estudantes adolescentes. Em seguida, participa de debate com Neca Setubal, presidente do Conselho da Fundação Tide Setubal e GIFE (Grupo de Institutos Fundações e Empresas), e Priscila Cruz, fundadora e presidente-executiva do movimento Todos Pela Educação

Sobre Esther Wojcicki

Esther Wojcicki dá aulas de Jornalismo e Inglês no ensino médio desde 1984 na Palo Alto High School (Califórnia). Como jornalista, colabora para o The Huffington Post. Sua atuação destacada nas duas áreas rendeu prêmios importantes como professora e jornalista. Wojcicki também é vice-presidente da ONG de conhecimento compartilhado Creative Commons.

Para ela, o modelo de educação tem que ser reformulado e dar mais ênfase ao senso crítico, em detrimento da memorização praticada atualmente na grande maioria das escolas. Nesse sentido, o ensino de jornalismo reúne pensamento criativo, solução de problemas do mundo real e desenvolvimento de competências técnicas.

Sobre as fake news

Fenômeno recente da internet, o conteúdo falso e sensacionalista das fake news ganhou importância pela rapidez de propagação e repercussão instantânea. Nos Estados Unidos, elas são associadas à vitória do presidente Donald Trump e foram escolhidas como a palavra do ano de 2017 pelo dicionário Collins.

registrado em: ,