Na 18º edição, CEO Fórum Campinas reúne mais de 700 empresários e discute o futuro dos negócios

publicado 24/10/2016 14h37, última modificação 24/10/2016 14h37
Campinas - Além das palestras especiais os empresários presentes puderam também testar diversas experiências de tecnologia.
alcione-albanesi-6656.html

Consolidado na agenda empresarial de Campinas, o CEO Fórum Amcham ganhou sua 18ª edição, no último dia 20/10, inovando na programação com palestras sobre o futuro dos negócios. 

A palestra do presidente para América Latina da Sage, Jorge Carneiro, abriu à tarde de conteúdo falando sobre a importância da relação entre sonhos e metas.“Construímos metas baseadas nos riscos que elas oferecem, custos, e dificuldades. Agora os sonhos são construídos exatamente da forma oposta, idealizado de forma perfeita, sem dificuldades, e ainda contamos com a ação de forças externas inexplicáveis”.

Após a palestra do executivo, foi à vez Alcione Albanesi, fundadora da FLC Lâmpadas e da ONG Amigos do bem, dominar o palco com sua história de empreendedorismo que possibilitou a executiva a alcançar o sucesso no seu negócio pessoal e depois se dedicar, junto com outros amigos, a mudar a vida de 60 mil pessoas que vivem em situação de extrema pobreza no nordeste do país.“Na minha vida sempre crio uma situação, uma pressão e ai quero fazer acontecer. Foi assim que conquistei aos poucos tudo que tive na vida”. contou ela. 

Sobre a ONG Albanesi, Albanesi cotntou ainda, “O lema dos amigos do bem é o que levo para a vida, pois todos nós podemos mudar a vida de alguém, na ONG dizemos que se não posso fazer tudo, devo fazer tudo que posso”.

Ricardo Bellino, empreendedor e conhecido como “vendedor de ideias”, foi o executivo responsável por encerrar o evento, com sua história de vida empreendedora que o possibilitou ser o responsável pela chegada da “Elite Models” ao Brasil, ter feito negócios com Donald Trump e ter trazido a maior campanha de conscientização contra o câncer de mama no país.

“Fui chamado de louco pelos ditos especialistas a cada negócio que eu queria criar, e o resultado está aqui. Será que devemos acreditar nos especialistas? Ou nos nossos próprios sonhos e convicções e desejos”. Finalizou