“Ser construtivo, agir com positividade e se aproximar mais do cliente são essenciais para enfrentar a crise”, diz Guilherme Benchimol

publicado 12/05/2020 15h40, última modificação 12/05/2020 15h40
Rio de Janeiro – CEO da XP Inc. deu dicas de como superar período turbulento e transformá-lo em oportunidade
Para Guilherme Benchimol, liderança deve assumir a culpa, aproximar-se das pessoas e ser construtiva para crescer na turbulência.jpg

Para Guilherme Benchimol, liderança deve assumir a culpa, aproximar-se das pessoas e ser construtiva para crescer na turbulência

Uma coisa Guilherme Benchimol entende: como continuar crescendo durante momentos de crise. Foi assim que, em 2001, após ser demitido, ele fundou sua empresa, a XP Investimentos. A oportunidade apareceu novamente em 2008: enquanto uma grande depressão econômica assolava o mundo, ele expandia sua organização. Em 2020, com a pandemia do novo Coronavírus, quais são as lições que o CEO pode nos deixar? No dia 30/04, o executivo participou do webinar ‘Transformando crise em oportunidade’, em que compartilhou dicas de como dar a volta por cima.

 

ASSUMA A CULPA

“Com certa frequência, eu vejo empreendedores tentando encontrar culpados pelos problemas: é o governo, a pandemia, a China. Quando você se coloca como culpado, você se incomoda e age. E em momentos de crise, acima de tudo, você deve agir”, apontou Benchimol. “Você precisa se transformar, se adaptar com velocidade e esquecer como era o mercado antes – o que te trouxe até aqui é diferente do que vai te levar ao próximo estágio”, ressaltou.

 

APROXIME-SE DAS PESSOAS

Em momentos de contenção de despesas, é comum que as empresas cortem verba da comunicação e do marketing. Para Benchimol, esse movimento está longe do ideal. “Você precisa mostrar para seu cliente que está com ele nos bons e, principalmente, nos maus momentos. Investir na comunicação mostra que você está ao lado dele e os seus objetivos estão alinhados. Além disso, seu concorrente está cortando a verba do marketing, então você consegue ter muito espaço comercial a preços mais competitivos”, pontuou.

 

SEJA CONSTRUTIVO

“Se você mesmo se ajuda, se dedica o máximo possível, faz a coisa certa e está próximo do seu cliente, as pessoas vão se engajar na busca de soluções. Seja positivo e construtivo”, aconselhou Benchimol.

 

PERSPECTIVAS FUTURAS

Enquanto algumas pessoas são pessimistas em relação à recuperação da economia brasileira, Benchimol considera que vamos sair dessa o mais rápido que o esperado. “Eu acredito que o Brasil vai começar a voltar a uma certa normalidade no fim de maio, claro que de maneira seletiva e com todos os cuidados”, afirmou. “No terceiro trimestre, as coisas vão começar a se normalizar. O mais importante é assegurar que menos pessoas e empresas nos deixem neste caminho”, destacou.

Seguindo essa linha de recuperação rápida, o executivo acredita que o mundo caminha para se tornar mais empreendedor. “O número de empreendedores entre 2000 e 2020 dobrou e a expectativa é que esse valor triplique nos próximos cinco anos. No Brasil, essa realidade não está distante. Agora, vamos ver políticas monetárias e de estímulos fiscais como jamais vista na história do país. E isso é muito bom porque toda nação que tem uma cultura empreendedora é uma nação próspera”, concluiu Benchimol.

 

O QUE SÃO OS WEBINÁRIOS?

São transmissões ao vivo de bate-papos e entrevistas, exclusivos online, sobre diversos assuntos do mundo empresarial. Diante da atual situação com a COVID-19 no Brasil, transformamos os encontros presenciais em atividades digitais e webinários.

PARA QUEM SÃO E COMO FUNCIONAM?

Os webinários especiais sobre a Covid-19 são públicos, totalmente gratuitos e podem ser acessados pelo link amcham.com.br/aovivo.