2ª edição do CEO Fórum Porto Alegre reúne 800 empresários debatendo os novos desafios de gestão

publicado 20/10/2015 10h57, última modificação 20/10/2015 10h57
Porto Alegre - Encontro debateu a necessidade de adaptação da liderança diante das cobranças de inovação, novas estratégias e conexão
ceo-forum-porto-alegre-5622.html

A segunda edição do CEO Fórum Amcham Porto Alegre reuniu cerca de 800 de empresários, líderes, formadores de opinião e pensadores na tarde desta quinta-feira (15), no Teatro do Bourbon Country.  Com uma programação provocativa e criativa,  fortes nomes do universo empresarial brasileiro estiveram reunidos em dinâmicas de palestras, bate-papos, exercícios práticos para aguçar a criatividade, num ambiente propício à reflexão e aos negócios. Em 2015, o mote do evento é a Bossa Nova e os paralelos entre o movimento artístico e o mundo empresarial chamou o público à refletir sobre necessidades básicas à inovação e ao sucesso dos negócios em tempos tão dinâmicos e velozes, como a realidade atual. Igual à música, no mundo corporativo cada CEO é um maestro. A necessidade de encontrar sintonia, maestria, reinvenção e, acima de tudo, a necessidade de os negócios terem propósitos  existenciais e promoverem a colaboração como valor de gestão em equipes de trabalho, foram mensagens deixadas pelo encontro.  

O formato diferenciado dos eventos realizados pela Amcham Porto Alegre deixam claro o objetivo da instituição.  “A segunda edição do CEO Fórum reúne algumas estrelas nacionais e elas podem nos ajudar o mudar o Brasil”,  assim Pedro Valério, gerente regional da Amcham Porto Alegre, deu as boas-vindas ao público. Dentre os palestrantes, Lourenço Bustani, CEO da Mandalah, consultoria de inovação consciente, considerado uma das 100 pessoas mais criativas do mundo de acordo com a revista Fast Company. “Nós aqui nesta sala precisamos perceber que as empresas – a maioria privadas - têm um papel de mudança. Essas empresas empregam cultura e elas influenciam a sociedade. E eu o que posso fazer?”, provocou o co-fundador da Mandalah ao contar as inquietude que o levaram a criar a assessoria Mandalah em 2006, e que seguem sendo valores base de seu trabalho. Clientes como General Motors, Nike, entre outras grandes multinacionais, passam a rever seus negócios e valores de marca. Bustani preconiza que negócios devem ter propósitos e não apenas visar o lucro.

Num bate-papo entre Oscar Motomura, CEO do grupo Amana-Key, e Carlos Magni, experiente profissional da área de gestão com passagem por grandes empresas, com a mediação de Oliver Kamakura, executivo da Ernst & Young, os tópicos predominantes foram a necessidade de engajamento e participação dos colaboradores das empresas para melhores resultados. Exemplos de sucesso e dificuldades de colocar tais valores em prática foram comentados pelos experientes líderes em gestão e negócios. “Gestão, estratégia e liderança no contexto da vida e do bem comum, esse é o valor da Amana-Key”, comentou Motomura. O empresário também adiantou que a Amana-Key vai lançar um concurso sobre ética e buscará a participação de crianças, jovens e adultos através de concursos de vídeos cuja premiação será o envio dos vencedores aos países mais éticos do mundo para que sejam desenvolvidas pesquisas e produção de documentários. A ideia é disseminar conhecimento e práticas para melhorar o Brasil.

No âmbito da criatividade e da necessidade de ter um pouco mais de improviso na vida cotidiana e dos negócios para aguçar a criatividade e, consequentemente, melhorar resultados, a psicanalista Andréa Naccache foi uma das palestrantes. Para finalizar o evento, Roberto Martini contou sua experiência e sua trajetória como empreendedor, que começou o primeiro negócio aos 16 anos e hoje dirige a holding Flag, com 14 companhias e 400 funcionários. Martini é especialista em inovação e tecnologia e atualmente vive em Nova York onde trabalha num projeto que reúne pessoas e robôs. Ao final do evento, o tradicional coquetel ao som de Bossa Nova para brindar a produtiva  tarde. A  próxima edição do CEO Fórum está marcada para o dia 03 de dezembro e o tema condutor do evento será tecnologia.  

 

registrado em: