5 passos para ser um líder poderoso e vulnerável, segundo o CEO Fórum 2021

publicado 01/06/2021 15h30, última modificação 01/06/2021 17h33
Permitir-se falhar e ser humilde são duas das dicas para os líderes
5 passos para ser um líder poderoso e vulnerável, segundo o CEO Fórum

CEO Fórum abordará o poder da vulnerabilidade

Para ser um bom líder é preciso se mostrar vulnerável e o primeiro passo é estar disposto a aprender com outros líderes. A edição 2021 do maior encontro de lideranças do País, nosso CEO Fórum Amcham, vai trazer uma curadoria exclusiva de CEOs que ativaram na #pandemia a capacidade da Gestão da Vulnerabilidade. Faça sua inscrição agora.   

Antes preparamos um drops e spoiler de conteúdo. São 5 passos para ativar esse tema campeão de audiência na Netflix e de engajamento nas organizações.

O PODER DA VULNERABILIDADE

Para a estudiosa americana Brené Brown, ser vulnerável significa estar aberto a estabelecer conexões mais humanas e verdadeiras e, por isso, gestores com essa capacidade tendem a dar mais suporte às pessoas que estão a sua volta - sejam elas sua própria equipe, fornecedores ou clientes.

Líderes fortes se arriscam e são vulneráveis a transformações, inovações e, até mesmo, a cometerem erros inéditos.

APROXIMAÇÃO COM A EQUIPE

Um líder vulnerável consegue se conectar melhor com a equipe. Isso porque a identificação faz parte do processo de confiança. Perceber que o líder também tem fraquezas, medos, problemas e está em constante desenvolvimento de suas habilidades o aproxima do time e faz com que as pessoas se sintam mais à vontade. 

Reconhecer um erro e pedir desculpas é um exemplo de coragem. Assim como a atitude é saudável para a equipe, retirar o peso do orgulho também é saudável para os líderes. “A vulnerabilidade é a nossa medida mais precisa de coragem”, pontua Brené. 

COMO SER VULNERÁVEL

Segundo o Search Inside Yourself Leardership Institute (SIYLI), a vulnerabilidade é uma das principais características indispensáveis para o ambiente de trabalho e evolução da carreira.

Sendo assim, abraça-la pode ser benéfico, mas ainda desafiador. Por isso, reunimos algumas dicas práticas de como trabalhar aos poucos a vulnerabilidade e ser um líder mais humano: 

1. Seja humilde

Seja humilde para aceitar que você não sabe de tudo e que precisa de ajuda. Caso contrário, você poderia tocar sozinho a empresa inteira ou todo o seu setor. Quando agimos com humildade, abrimos espaço para aprendizado e somos genuinamente respeitados por aqueles que nos cercam. 

2. Saia da defensiva

Segundo estudos realizados por Brené, a vulnerabilidade também é fonte de alegria. Isso porque quando a aceitamos e passamos a enxerga-la como necessária é como se tirássemos um peso das costas. Portanto, saia da defensiva e abrace suas emoções, se conectando emocionalmente com sua equipe e parceiros estratégicos.  

3. Permita-se falhar

Aqui vale uma observação prévia: se permitir falhar não é sinônimo de descaso. Sempre mire no acerto, mas se por algum acaso errar, seja resiliente e ensine sua equipe a ser. Permitir-se falhar é, na verdade, enxergar o erro como aprendizado e saber que você fez o seu melhor. Erros inéditos são bem vindos e geram inovação.

4. Mostre quem você é

Essa dica diz respeito à conexão com a sua equipe e seus colaboradores. Mostre quem você é, seus gostos, sua personalidade e tudo o que te faz ser humano. É assim que você fará com que as pessoas se identifiquem com você, criem conexão e tenham empatia.                                                                                                                       

5. Faça terapia corporativa

Não subestime a ajuda profissional quando o assunto são emoções. Tenha seu ponto de apoio e seja também o da sua equipe.  É estratégico entender melhor gatilhos emocionais, medos e limites individuais. Reserve um espaço na sua agenda para explorar mensalmente este tema com sua rede direta, estabelecendo conexão e ajuda.

Dica bônus

Escolha um ambiente acolhedor para estabelecer trocas com outros profissionais. O reconhecimento da vulnerabilidade e ganho de poder depende do compartilhamento de emoções em comunidades estratégicas.

A edição 2021 do nosso CEO Fórum é uma excelente oportunidade para vivenciar essa troca profissional.

O grande encontro nacional será no dia 30 de junho, 100% digital, e com as presenças já confirmadas do CEO do Google, Fábio Coelho, e da consultora Betânia Tanure

Faça aqui sua inscrição gratuita e garanta acesso ao conteúdo e trilha de conhecimento Amcham sobre o tema. 

Não é associado? Fale conosco, clicando aqui nesse formulário ou enviando um e-mail para [email protected].