Agilizar processos de marketing depende mais de pessoas e comunicação que processos e ferramentas, segundo gerente da Liferay

publicado 26/04/2018 11h19, última modificação 26/04/2018 14h28
Recife - Pedro Cabral apresentou soluções para ter uma área com produtividade contínua e mais alinhamento entre áreas

As áreas de marketing de uma organização geralmente enfrentam diversas dificuldades para atender às demandas do dia-a-dia com a rapidez necessária. Como Pedro Cabral, Gerente de Marketing da América Latina da Liferay, aponta, algumas delas são o alinhamento entre marketing e vendas, controle do grande volume de demandas, métricas para os assets e produtividade contínua.

O especialista, que participou do comitê de Marketing da Amcham – Recife no dia 18/04, apresentou alguns conceitos a respeito do Agile Marketing. Esse conceito está relacionado a criar metodologias mais ágeis para lidar com os processos. Ou seja, práticas para garantir uma entrega rápida, de alta qualidade, inspeção e adaptações constantes.

Algumas das estratégias para superar esses desafios e criar soluções passa por alguns pré-requisitos são: um time de desenvolvedores, alinhamento entre produtos e desenvolvedores, métodos para controlar o backlog e métricas para medir os avanços. Um desenvolvimento ágil depende mais de indivíduos e interações, mais que processos e ferramentas, como lembrou Cabral.

Além disso, a colaboração com o cliente e a rápida resposta a mudanças é mais importante do que negociação de contratos e seguir um plano, segundo Cabral. Por isso, o empoderamento de equipes e pessoas e o desenvolvimento de lideranças são essenciais nessa mudança.

O especialista ressalta que toda a revisão de processos não deve perder de vista que o marketing tem como propósito concluir o processo de vendas: atrair, converter, fechar e encantar. É preciso de uma nutrição dos leads (conversão de público) e uma estruturação de método de vendas para melhorar os resultados. Ele ainda citou como um exemplo um case de sucesso, que é a Gartner.