Atrasos nas obras da Copa e Olimpíadas ainda não comprometem planos de investimento em marketing esportivo, aponta pesquisa da Amcham

por marcel_gugoni — publicado 04/05/2012 11h19, última modificação 04/05/2012 11h19
São Paulo - De olho na realização dos dois eventos, 68% dos executivos ouvidos afirmam que companhias aumentarão aportes nessa área nos próximos anos.

A realização da Copa do Mundo e das Olimpíadas no Brasil está estimulando boa parte das empresas no País a ampliarem seus investimentos em marketing esportivo. Mesmo os atrasos nas obras e a incerteza de cumprimento dos prazos não parecem colocar em risco essas intenções, revela pesquisa da Amcham com gestores de marketing.

Leia mais: Indústria do esporte movimenta US$ 1 trilhão no mundo

O levantamento aponta que nas companhias de 68% dos entrevistados há planos de maiores aportes nesse tipo de marketing nos próximos anos. Uma parcela ainda maior, de 82% dos ouvidos, afirma que os atrasos no cronograma das obras não têm levado a uma revisão da estratégia de aportes com foco nesses eventos. 

Somente 15% dos executivos de marketing consultados pela Amcham informaram que suas companhias vêm adiando os planos de investimentos no segmento por conta do descumprimento de prazos de construção de estádios e infraestrutura relacionada. Uma fatia pequena, de 3%, declara estar revisando os planos e valores projetados. 

Leia mais: Em São Paulo, agências de viagem já encontram dificuldades para reservar locais de hospedagem dois anos antes da Copa

Ações projetadas 

Os executivos informaram quais são os pontos focais do investimento em marketing esportivo de suas empresas nos próximos anos. O grande destaque estará em campanhas de marketing de associação da marca ao mundo esportivo (79%).

Leia mais: Marketing esportivo é pouco explorado pelos clubes de futebol

Foram indicados também patrocínios a atletas e equipes esportivas (26%), clubes de futebol (18%), coberturas de jogos esportivos em TV e Rádio (6%) e estádios e centros olímpicos e esportivos (3%). 

Para a sondagem, a Amcham ouviu 34 empresários, gestores e executivos de Marketing que participaram de comitê da área em São Paulo no dia 28/03. Na amostra consultada, 50% informam já investir em marketing esportivo. 

registrado em: