Aumento da rede de relacionamento exige análise estratégica

publicado 07/02/2014 14h28, última modificação 07/02/2014 14h28
Campo Grande - Mais do que conhecimento técnico, networking exige habilidade em se relacionar com o outro

“Tudo em nossas vidas parte de pessoas, uma rede de relacionamento é boa para os negócios e para marketing pessoal”, afirma o americano Thomas Reaoch, CEO da RC Invest, durante o Comitê de Qualificação Empresarial da Amcham Campo Grande (confira a apresentação completa aqui). Aclamado pelo mercado como o Rei do Network, Thomas defende que mais importante do que o conhecimento técnico, está a habilidade de se relacionar com o outro. Por isso, é importante termos uma análise estratégica, na qual os objetivos devem estar voltados para aumentar valor através da rede de relacionamento.

De acordo com ele, nos eventos empresariais, as melhores práticas para formar e aprimorar o networking é identificar desconhecidos, trocar cartões, objetivando, sempre, conhecer pessoas novas. “Devemos vencer a vergonha, circular, pois o conhecido de hoje pode ser o cliente de amanhã”, conclui.

A seguir, a íntegra da apresentação de Thomas Reaoch no Comitê de Qualificação Empresarial, na quarta-feira (5/2):

 

 

registrado em: