CEO Fórum de Curitiba reuniu cerca de 600 executivos para discutir o futuro do trabalho

publicado 25/05/2018 15h38, última modificação 25/05/2018 16h24
Curitiba – Tendências do futuro e inovação marcaram tarde de imersão, inquietação e aprendizado

A primeira edição de 2018 do CEO Fórum da Amcham-Curitiba, realizada em 23/5, reuniu cerca de 600 convidados. O evento promoveu discussões e deixou questionamentos ao público de como cada um está se adaptando e se preparando para o mercado de trabalho do futuro.

Quem abriu o evento foi  Vidal Martins, CEO da PUCPR, com um painel de contextualização. Quatro importantes nomes conduziram as palestras do dia, trazendo diferentes abordagens para a temática futuro do trabalho. O primeiro a iniciar a imersão ao assunto foi Luis Rasquilha, CEO da Inova Consulting e especialista em futuro, tendências e inovação. Para Rasquilha, a mudança de era já chegou e os profissionais precisam pensar e se adaptar. “É fundamental ter coragem de pensar, ter uma capacidade criativa e de inovação. É isso que nos diferencia das máquinas: nós temos a capacidade de pensar, elas apenas executam”, afirma.

O especialista completa: “Não existe uma receita de bolo, é preciso pensar no que você é bom, o que o faz único, o que pode oferecer. E também pensar, é claro, no que o mercado precisa”.

Neste mesmo viés, sobre o que torna você um ser único, o palestrante Jhesper Rhode falou sobre globalização, tecnologias e mudanças. Rhode, que também é consultor da Hyper Island e associado do Instituto Copenhagen, defende que não existe verdade absoluta quando se trata do futuro. Ele deve ser trabalhado com tendências, como o desenvolvimento tecnológico, a polarização e a individualização.

“Precisamos ser criadores de experiências. Nós pensamos com o corpo todo, temos a capacidade de conversar, nos relacionar e ter empatia. Lidamos com ambientes ambíguos, ao contrário dos computadores, que pensam apenas com o ‘cérebro’, com fórmulas e cálculos.”

Alexandre Pellaes, fundador da Exboss e sócio da 99jobs.com, trouxe uma visão crítica e bem-humorada ao evento, destacando a necessidade de enxergar a si mesmo no que faz. “Não é estar, é ser. Seremos do tamanho do espaço que decidirmos ocupar. Não podemos ser do tamanho do nosso crachá.”

Encerrando o CEO Fórum, subiu ao palco Bibop Gresta, Chairman e COO da Hyperloop Transportation Technologies. O palestrante internacional falou mais sobre a Hyperloop, que consiste em transportar cargas ou passageiros em cápsulas sustentadas no ar por ímãs em um tubo de baixa pressão. A ideia é levar mobilidade avançada para qualquer lugar do mundo.

registrado em: ,