Como manter a felicidade corporativa? 400 executivos analisaram ações no Fórum de Pessoas da Amcham

publicado 30/07/2014 14h06, última modificação 30/07/2014 14h06
Porto Alegre – Encontro faz parte do ciclo de decisões e ganhou edição na quarta-feira (30/07). Confira os principais destaques
poa-forum-de-gestao-de-pessoas-9174.html

Antes pautado por questões como salários, carreiras e benefícios, o departamento de Recursos Humanos vive hoje preocupações desafiadoras e menos tangíveis, como felicidade e o bem-estar dos colaboradores. O Fórum de Pesssoas da Amcham-Porto Alegre analisou na quarta-feira (30/07) ações, estratégias e ferramentas para fidelizar e motivar os colaboradores através do desenvolvimento de um melhor ambiente de trabalho.

O encontro reuniu palestras de time de especialistas e executivos de RH diante de plateia de 400 empresários.

Confira alguns destaques do painel de debates e galeria de imagens do encontro:

“Desenvolver um ambiente de trabalho feliz para as pessoas é uma questão de liderança”, Clemente Nóbrega, consultor, escritor e físico nuclear

“Há muito investimento das organizações em buscar produtividade , através de sistemas, metodologias e processos, mas não se vê o mesmo investimento em criar ambientes felizes para as pessoas” Paulo Amorim, diretor executivo Global de RH das Operações da Dell

 “A felicidade pode ser percebida por três sinais: quando os funcionários falam construtivamente bem da empresa; quando ele desejar ficar na organização; e está propenso a fazer esforços adicionais pela organização”, José Gallo, diretor-presidente da Renner

 “A busca por proporcionar felicidade nas empresas ou tê-la no trabalho está sendo encarado como uma finalidade além de ganhar dinheiro, e tem sido incluído como um objetivo empresarial”, Jaques Sarffati, CEO Brasil da Russell Reynolds Associates

“O dinheiro continuará sendo um ingrediente para a receita de felicidade, mas ele é apenas um, pois esta receita é cada vez mais pessoal, individual, onde cada um de nós tem que escolher qual é o seu ingrediente principal: equilíbrio, qualidade de vida, propósito e significado para o trabalho”, Alexandre Teixeira, escritor, jornalista e autor de Felicidade S.A. 

 

registrado em: