Como promover a diversidade e inclusão nas empresas

publicado 25/06/2021 18h45, última modificação 25/06/2021 18h45
Seis ações para começar e transformar a cultura organizacional
Como promover a diversidade e inclusão nas empresas.jpg

Não importa o tamanho da empresa, se ela incentiva a diversidade e a inclusão, ela abre espaço e oportunidade para a igualdade.

Promover a diversidade e a inclusão dentro das empresas é muito mais que contratar algumas mulheres ou pessoas com deficiência para preencher cotas. Diversidade e inclusão é um tema sobre as pessoas, suas vivências e individualidades que as fazem ser quem são e as tornam únicas. 

Assim, quando as empresas incentivam e aplicam esse tema, elas geram transformação em sua cultura organizacional. A diversidade corporativa simboliza a responsabilidade social da empresa em criar um ambiente de trabalho diverso e inclusivo, onde cada colaborador tem acesso às mesmas oportunidades, espaço e respeito. Além disso, esses temas são cada vez mais importantes para atrair e reter talentos, incorporando também uma estratégia ampla de employee experience.

 

DIVERSIDADE E INCLUSÃO SÃO TEMAS URGENTES, MAS É PRECISO TER PACIÊNCIA

A diversidade e a inclusão são temas urgentes dentro das organizações. É muito comum que essa urgência gere certa ansiedade em querer aplicar rapidamente políticas na organização. Apesar dessa ansiedade ser um combustível que faz com que essas mudanças realmente aconteçam, é importante ter calma e paciência para entender que transformações não acontecem do dia para noite.

Portanto, é fundamental estruturar os processos, definir objetivos e estabelecer metas. Como qualquer outra ação estratégica dentro da empresa, é necessário planejamento, foco e mensuração. Caso contrário, podem se tornar apenas projetos que nunca saíram do papel.

Para conversar sobre o tema e discutir estratégias para promoção da diversidade corporativa, realizamos uma reunião virtual com nossos associados e especialistas sobre diversidade e inclusão, com a temática “Como aplicar e incentivar a Diversidade e Inclusão independente do porte da sua empresa?” no dia 22/06. O evento contou com a participação Anna Moreira, CEO da NeoAssist, Tayná Leite, Gerente de Projetos da ONU Mulheres e a moderação de Renato Amendola, Head de Diversidade, Inclusão e Equidade, Grupo Boticário.

Assim, selecionamos seis ações fundamentais para iniciar esse processo de transformação. Essas ações são baseadas nas WEPs - Women's Empowerment Principles (Princípios de Empoderamento das Mulheres) desenvolvidos pela ONU Mulheres e o Pacto Global da ONU - saiba mais sobre as WEPs.

 

1- COMEÇAR PELA ALTA LIDERANÇA

É papel da alta liderança tornar o tema uma prioridade estratégica de toda a empresa. O líder deve promover a igualdade e inclusão ao estabelecer objetivos e metas, garantir que as políticas sejam corretas e realmente inclusivas, e estimular os colaboradores a se engajarem com o tema. Como líder, ele deve ser o exemplo e o espelho pelo qual as equipes enxergarão, com transparência, a cultura de diversidade e inclusão da organização.

 

2- GARANTIR A IGUALDADE, INCLUSÃO E NÃO-DISCRIMINAÇÃO

Tratar todas as pessoas com justiça e sem discriminação é um princípio dos direitos humanos. Gênero, orientação sexual, raça, etnia, idade, crenças, pessoas com deficiência, não podem ser motivos para excluir ou discriminar essas pessoas. Dentro das empresas, todos os colaboradores devem ser tratados de forma igualitária nas oportunidades, no pagamento de salário, mudanças de cargos e promoções.

 

3- ASSEGURAR O BEM-ESTAR E A SEGURANÇA 

É fundamental que as pessoas se sintam seguras, física e psicologicamente, no ambiente de trabalho. Para isso, devem ser criadas e estabelecidas políticas internas de tolerância zero à violência, além de políticas de consequências que fortaleçam a cultura de inclusão e respeito da organização.

 

4- FOCAR EM EDUCAÇÃO E TREINAMENTOS

A educação é a base para mudanças saudáveis e colaborativas. As empresas devem criar e implementar treinamentos e políticas internas para educar os colaboradores e inibir o desrespeito e a discriminação. 

 

5- ESTIMULAR CONVERSAS SOBRE DIVERSIDADE E INCLUSÃO

Criar espaços para troca e conversa entre a liderança e a equipe é uma forma estratégica de extrair dados e informações qualitativas sobre como as pessoas da empresa enxergam o tema da diversidade e inclusão. Esses momentos de bate-papo são essenciais para conhecer diferentes percepções, identificar problemas e encontrar soluções.

 

6- CRIAR UMA ÁREA SEPARADA NA EMPRESA

Para maior autonomia e agilidade, é fundamental abrir espaço para que as políticas e procedimentos de diversidade e inclusão sejam dirigidos e gerenciados por uma equipe específica e exclusiva. É preciso priorizar as ações e enxergar essa área da mesma forma que outras, ou seja, indispensável e fundamental para o desenvolvimento e geração de resultados da empresa. 

 

Muitas empresas já têm trilhado essa jornada, e tantas outras estão iniciando nesse processo. Incentivar e aplicar políticas de diversidade e inclusão traz para a empresa múltiplos benefícios e resultados como, por exemplo: 

  • Maior engajamento e motivação

  • Aumento da criatividade e produtividade

  • Redução de conflitos

  • Mais respeito e tolerância

  • Saúde mental e emocional

  • Contínua inovação

  • Redução do turnover

  • Aumento da competitividade da empresa

  • A empresa se torna referência

Portanto, para gerar transformação e desenvolver uma empresa mais diversa e inclusiva, é preciso começar pelo diagnóstico: identificar como está a diversidade da empresa hoje. A partir de então, estabelecer metas e objetivos: saber onde quer chegar. E sempre mensurar os resultados.

Incluir e promover a equidade nas empresas não é uma tarefa simples, muitas empresas sentem dificuldade nesse processo. Por isso, reunimos os principais pontos de atenção para que a sua empresa vença o desafio da inclusão - baixe aqui.