Empresas vencedoras investem em precificação mais analítica, aponta especialista

publicado 09/06/2016 11h29, última modificação 09/06/2016 11h29
São Paulo - Determinar preços através de informações de mercado precisas é fundamental para aumentar competitividade
antonio-rocha-936.html

Investir em ferramentas de precificação a fim de tornar o processo mais analítico é um ponto fundamental para as empresas que buscam aumentar a produtividade e competitividade em vendas. A análise é de Antonio Rocha, Associate Principal da McKinsey&Company, firma global de consultoria. "Gestão de receita, precificação e controle de investimento são aspectos fundamentais para a lucratividade das empresas. Observamos que as empresas vencedoras conseguem fazer esses processos de forma mais profissional, analítica e frequente, entendendo melhor o mercado consumidor", afirmou, durante reunião do comitê de vendas realizado na Amcham - São Paulo, nesta terça-feira (07).

Segundo o especialista, para melhorar a gestão de receita, é necessário investir em pesquisas frequentes para entender o funcionamento do mercado. Para facilitar esse estudo e alcançar mais qualidade de informação, é essencial desenvolver uma estruturação melhor para processamento. Usando melhor as ferramentas de diagnóstico, é possível diminuir prejuízos e gerir melhor os investimentos da empresa. 

Essa coleta de dados pode ajudar a empresa a ser mais granular e identificar oportunidades melhores de negócios, por exemplo, descobrindo áreas em que há um crescimento nas vendas e investindo nessas regiões. Além disso, Rocha salienta a relevância de construir relacionamentos com os clientes e também com os setores de logística, como distribuição e fornecimento. Um clima de colaboração entre esses diferentes setores tem um impacto positivo na cadeia produtiva.

Com a queda de consumo no Brasil, a área de vendas é uma das que mais sente os impactos da crise. Rocha alerta que, mesmo nesses tempos mais difíceis, é possível identificar novas oportunidades e crescer. "Em momentos de crise, o mais comum é abaixar a cabeça e focar em execução, o que é importante. Mas, além disso, dentro do limite nesse período, também é importante conseguir levantar a cabeça, olhar para o lado e pensar em coisas um pouco mais estratégicas. Investir para ter uma qualidade melhor de dados e informações e segmentar melhor os clientes são tarefas que podem gerar bastante valor no curto prazo", finalizou.

registrado em: