Falta de planejamento financeiro é uma barreira para captação de recursos

publicado 20/12/2013 14h51, última modificação 20/12/2013 14h51
São Paulo – Especialista dá dicas para estruturar um bom planejamento e escolher a melhor alternativa de investimento
alan-riddell-7823.html

A falta de planejamento financeiro das empresas é o que muitas vezes impede a captação de recursos. “A atuação de bancos e fundos de investimentos nacionais e internacionais no Brasil vem crescendo bastante, mas a falta de estruturação das companhias ainda é uma barreira”, disse Alan Riddell, sócio da área de Corporate Finance da KPMG, durante palestra ao comitê de Finanças da Amcham, em 12/12.

De acordo com ele, é importante que as empresas avaliem sua situação econômica e seus objetivos antes de escolher uma das alternativas de captação de recurso, pois elas precisam se encaixar na estratégia operacional e comercial da companhia.

No caso de equity, por exemplo, há fundos de investimento para várias finalidades e fases de negócio. Riddell recomenda que as empresas pesquisem sobre eles, para entender sua origem e seus objetivos. “É importante que o dinheiro seja aplicado para potencializar o desenvolvimento do negócio, e não para quitar dívidas”, diz.

Já sobre o mercado de capitais, Riddel comenta que nem todas as empresas se encaixam nesse perfil de investimento. “Os investidores estrangeiros procuram títulos com liquidez, que geralmente são aqueles com valor maior que US$ 300 milhões, o que não condiz com boa parte das corporações.”

Para ele, um bom planejamento financeiro deve ser estruturado a partir da compreensão da dinâmica do setor, dos riscos envolvidos e da finalidade dos recursos que a empresa pretende captar. Além disso, é fundamental ter um time de colaboradores capaz de gerir o endividamento.

registrado em: