Fórum da Amcham analisou tendências de conectividade e mobilidade nos negócios

publicado 18/11/2014 14h34, última modificação 18/11/2014 14h34
São Paulo – Confira cases e analises dos executivos do Waze, Youtube, Samsung, Viber, Intel, Bradesco, Netshoes e Fox
ii-conectividade-mobilidade-1-3269.html

O cenário de mobilidade e conectividade no Brasil foi tema de encontro promovido pela Amcham-São Paulo na terça-feira (17/11).  O II Fórum Conectividade e Mobilidade vai discutir ambiente regulatório, tecnologia e conteúdo e modelos de negócios. Executivos de empresas como Bradesco, Pão de Açúcar, IBM, Samsung, Intel, Viber, Youtube, BMW, Fox, Netshoes, entre outros, estarão entre os convidados.

Confira os principais destaques dos painéis de debate:

Painel Tecnologia e Telecomunicações

Bruno Zani, da Intel Security: “Na era da conectividade, ser seguro não é tirar o recurso, e sim conectar os usuários. Temos que investir na segurança dos dados”,

Sérgio Alexandre Simões, da PwC: “Hoje em dia você não ver propaganda de motor, só de conectividade em carros. A era da conectividade impacta todos os mercados”

Roberto Soboll, da Samsung: “O smartphone vai se tornar cada vez mais o centro da vida das pessoas. Já acordamos com ele e vamos dormir também”

Luiz Felipe Barros, do Viber: “Nosso foco é investir em segurança de conteúdo e antispam. Nas eleições, por exemplo, vimos vários boatos sendo distribuídos via aplicativos”

Henrique Von Amaral, da IBM: “As empresas enfrentam hoje uma jornada de transformação. A cobrança por conectividade e mobilidade passar por clientes, portfólio e colaboradores”  

Painel Estratégias e Modelos de Negócios Conectados

Jeferson Honorato, do Bradesco: “Até 2010, as transições online representavam 0,5% do nosso volume. Hoje, já estamos no patamar de 20%”

Diego de Macedo Higgin, do Youtube : “80% das nossas visualizações estão fora dos Estados Unidos e o Brasil é o nosso segundo mercado ”

Marcel de Albuquerque, da Netshoes: “No mundo mobile, o mais importante é facilitar e otimizar a experiência de compra do consumidor. Tudo tem em poucos clicks, sempre”

Luciene Schedenffeldt , do Pão de Açúcar: “Hoje, a operação física perde share para o mundo online. Hoje, independente do negócio, a senha do WiFi é o primeiro pedido de qualquer consumidor”

Flávio Levi Moreira, do Waze: “Hoje, estamos trabalhando no projeto Cidades Conectadas, que vai abastecer prefeituras com informações sobre buracos e problemas nas vias relatados por nosso usuários”

Marcel Della Negra, canais FOX: “Hoje, temos que ter em mente que precisamos atender o consumidor onde ele estiver, no seu tempo e canal de preferência” 

 

registrado em: