Já conhece a abordagem T2V para Gestão de Pessoas?

publicado 17/02/2020 16h47, última modificação 17/02/2020 16h47
Rio de Janeiro – Se a retenção de talentos é um desafio para sua organização, esse conteúdo é para você
Abordagem-talent-to-value-significa-conectar-a-agenda-de-valor-da-companhia-aos-talentos-captados.jpg

Abordagem talent-to-value significa conectar a agenda de valor da companhia aos talentos captados

Com tantas transformações no mundo corporativo, as mudanças na estrutura organizacional não ficaram atrás. Se antes o departamento de Gestão de Pessoas se detinha apenas na contratação e demissão dos funcionários, agora existem outros desafios. Muitas vezes, as organizações chegam a investir altos valores em treinamentos e, ainda assim, perdem seus melhores talentos. Com tantas outras empresas no mercado, como fazer para que o colaborador escolha continuar trabalhando na sua? Como saber se você colocou a pessoa certa para ocupar uma vaga que é estratégica para sua empresa?  

Para Michael Lueras, sócio da consultoria McKinsey & Company, a resposta para uma boa gestão de talentos está na abordagem talent-to-value (T2V), ou simplesmente conectar a agenda de valor da companhia aos talentos captados. “De acordo com nossa experiência, organizações que utilizam essa abordagem, têm 80% mais chances de performar melhor do que seus competidores”, apontou o especialista.  “Quando conectamos os talentos aos valores da nossa empresa, mudamos nossa perspectiva sobre as pessoas e cargos”, continuou.

Durante a reunião do Comitê de Gestão de Pessoas, no dia 12 de fevereiro, Lueras aprofundou as características do método T2V – criado a partir de uma parceria entre a McKinsey e a CEO.works,  apresentado com exclusividade aos associados da Amcham Rio. Em resumo, o especialista afirmou que de acordo com a abordagem, as posições dos profissionais devem ser baseadas na criação ou captação de valor para empresa e não apenas de acordo com a estrutura hierarquizada, como as metodologias tradicionais. Em outras palavras, os cargos mais estratégicas não devem ser ocupados apenas pela alta liderança, já que há funções criticas que se não desenvolvidas podem impactar fortemente futuro dos negócios.

 

E COMO INCORPORAR O TALENT-TO-VALUE EM SUA EMPRESA?

Lueras destacou quatro passos para abordagem método virar uma realidade nas companhias.

 

Entenda a agenda de valores do seu negócio

Conheça bem as metas, as alavancas de valor e não se esqueça de ter clareza estratégica.

 

Identifique as posições mais importantes

Tenha uma lista ordenada das posições mais críticas, ou seja, aquelas que têm mais impacto na criação e manutenção de valores. Além disso, rastreie as tarefas específicas a serem executadas.

 

Atribua as posições aos talentos certos

Avalie os talentos que estão na sua empresa e realoque-os de acordo com as posições críticas. Não existe uma resposta científica, então analise as habilidades de seus colaboradores para fazer a correspondência mais assertiva possível.

 

Operacionalize e mobilize

Por fim, faça uma rigorosa gestão de performance e melhore sempre!

 

O QUE É O COMITÊ DE GESTÃO DE PESSOAS?

O Comitê de Gestão de Pessoas visa disseminar as melhores práticas no gerenciamento de equipes através de um benchmarking qualificado e exclusivo. O grupo tem como missão desenvolver o capital intelectual das organizações e os processos ligados ao aspecto humano, preservando a produtividade somada à qualidade de vida das pessoas.

PARA QUEM?

As reuniões do comitê são exclusivas para sócios atuantes na área de Gestão de Pessoas, com limite de dois participantes por empresa associada.

COMO FUNCIONA?

As reuniões acontecem bimestralmente na Amcham Rio com duração de aproximadamente 2 horas. Durante os encontros, os membros do comitê recebem um conteúdo vanguardista em formato de palestra e em seguida, discutem o tema com a oportunidade inclusive direcionar suas dúvidas aos especialistas convidados. Veja nosso calendário para não perder nenhuma atividade.