Método Scrum é o novo framework para gerenciamento ágil de projetos

publicado 22/05/2019 11h28, última modificação 05/06/2019 13h12
São Paulo – Nosso programa de capacitação empresarial teve como foco a geração de valor a partir desta metodologia de trabalho
Scrum - Sebastien Bonneval - Unsplash.jpg

Foto: Sebastien Bonneval/Unsplash

Nosso último PACE (Programa Amcham de Capacitação Empresarial), em São Paulo, teve como tema as Metodologias Ágeis. O propósito do treinamento foi oferecer ferramentas que preparassem os profissionais para tomarem de decisões com desenvoltura e qualidade. Inserido no manifesto ágil como uma das técnicas está o Scrum. O conceito foi a principal pauta das aulas durante a nossa semana de qualificação corporativa.

Inicialmente empregado no desenvolvimento de softwares, o Scrum hoje é um modelo de trabalho que pode permear os mais diversos segmentos de trabalho. Segundo o gerente de projetos e liderança da Clarify e facilitador deste PACE, Alexandre Abdalla, a metodologia segue um modelo mental ágil. “Para aplicar o conceito, o profissional precisa desconstruir alguns paradigmas e pensar em arquiteturas de solução escaláveis e acopláveis”, explica.

Aplicação

O especialista comenta que existem muitas formas de aplicar o Scrum. No entanto, ele opta por fazer as seguintes recomendações:

1 - Construa um ótimo diagnóstico: 

Neste nível é importante responder algumas perguntas básicas como: Qual é o nível de maturidade em gerenciamento de projetos? Qual seria o nível de resistência encontrado em uma possível implementação? Quem seriam os condutores da mudança? Há a necessidade da implementação? Qual o problema que se deseja resolver com essa implementação?

2 - Defina sua estratégia: 

Existem diversas formas de conduzir a implementação como por exemplo: Estabelecimento de comunidades de conhecimento, projeto piloto utilizando frameworks ágeis, engajamento dos stakeholders, campanhas de endomarketing, capacitação dos envolvidos, dentre outras. A verdade é que não existe estratégia matadora e sim, combinações dos itens listados. Sua efetividade dependerá profundamente da conexão do diagnóstico com as estratégias. 

Resultados

Como resultados, Abdalla elenca uma série de fatores, como a entrega de valor em curtos ciclos de tempo; maior comprometimento da equipe de desenvolvimento, e respostas mais ágeis às necessidades dos clientes e oportunidades de negócios. “Redução de trabalhos de baixo valor, aumento da sinergia entre a área de negócios e a área de projetos são também alguns dos benefícios do Scrum”, afirma.

Entretanto, o processo é conhecido como “simples de entender e difícil de dominar”. O motivo desta avaliação é a baixa complexidade anteposta à grande quebra de paradigmas que o Scrum propõe. São poucas as instruções a serem seguidas, entretanto, elas podem ser difíceis de executar porque propõe práticas incomuns.

Na visão de Abdalla, a metodologia conta com um universo de novas formas de se realizar o trabalho que impactam profundamente o modelo atual. “Um exemplo simples é que não existe hierarquia, pois todos são responsáveis pelo sucesso do projeto e tem voz ativa na tomada de decisões”, explica.

 

O PACE [Programa Amcham de Capacitação Empresarial] traz regularmente às nossas regionais workshops com esta e outras metodologias ágeisAtente-se ao nosso Calendário para os próximos encontros.