Novidades e parcerias alimentam interesse dos programas de recompensa de clientes

publicado 17/09/2015 09h35, última modificação 17/09/2015 09h35
São Paulo – Além de fixação da marca junto aos clientes, programas de benefícios estimulam consumo
recompensa-foto01.jpg-2577.html

Para Fernanda Lemos, diretora de desenvolvimento de negócios do Hilton, a grande luta dos programas de fidelização é se manter relevante para os clientes. “O desafio é como reter a atenção e o engajamento dos membros”, disse, no comitê estratégico de Diretores Comerciais da Amcham – São Paulo, na quarta-feira (16/9). “Sempre atualizamos o programa com novidades e benefícios, o que é uma forma importante de manter a competitividade”, de acordo com a executiva.

O programa de fidelidade da rede hoteleira, o Hilton HHonors, se estende às doze marcas da companhia. Entre elas, figuram o Hilton Worldwide, o Waldorf Astoria e a Home2 Suites. Ao se hospedar no Hilton, o viajante acumula pontos no HHonors, que podem ser usados em reservas ou na troca de quartos de padrão superior. “Cada marca tem critérios próprios de pontuação. Mas se o cliente tiver a pontuação necessária, pode ficar em qualquer hotel da rede.”

Outra forma de juntar pontos é aderir aos programas parceiros de companhias aéreas, cartões de crédito e lojas. Tudo isso é feito para incentivar a adesão de clientes. “Se ele é fiel e usa sempre o programa, é natural que a marca Hilton seja a primeira a ser lembrada quando ele precisar de um hotel ou lugar para sediar eventos.”

Mais do que uma ferramenta de fortalecimento de marca, o HHonors existe para gerar negócios, segundo Fernanda. Cada serviço prestado nos hotéis da rede (hospedagem, convenções ou eventos comemorativos) gera pontos para os contratantes. “Com isso, você pode estimular o faturamento de uma área corporativa ou local de negócios. E até mesmo fazer campanhas de pontuação dobrada, para estimular adesões.”

A estratégia do Hilton é oferecer um bom serviço e incentivar, sempre que possível, o uso dos benefícios. “Quanto mais pontos o membro recebe, mais ele gasta”, assinala Fernanda. 

registrado em: