Objetividade é aptidão cada vez mais exigida das secretárias

por giovanna publicado 09/02/2011 11h07, última modificação 09/02/2011 11h07
São Paulo – Comunicações claras e precisas consistem em atributos necessários, que ajudam a projetar imagem pessoal positiva.

Clareza e objetividade são habilidades crescentemente exigidas das profissionais de secretariado. Responsáveis pela agenda de compromissos e reuniões dos executivos, elas também executam tarefas de escritório e muitas vezes desempenham o papel de assessoras, tendo acesso a informações estratégicas.

“A secretária precisa dar a informação de que o chefe precisa para tomar decisões”, disse Laila Vanetti, palestrante da Scritta Cursos, que participou do comitê de Secretariado da Amcham-São Paulo na terça-feira (08/02).

Como profissionais de comunicação, as secretárias são responsáveis por transmitir informações de maneira transparente nos textos e memorandos que redigem. Nesse processo, segundo Laila, a capacidade de argumentação é desenvolvida quando se aprende a organizar o raciocínio. A partir daí, fica mais fácil transmitir ideias com clareza, seja pessoalmente ou por meios eletrônicos.

Outro exercício importante é a leitura atenta. “É preciso ler criticamente para extrair argumentos e perceber ambigüidades”.

A objetividade também é um atributo desejável. Uma reunião pode ter sido muito produtiva, mas só será realmente possível avaliar esse ponto se houver dados concretos. “Uma coisa é, em uma reunião com dez itens de pauta, saber que nove foram cumpridos; outra é dizer somente que a reunião foi produtiva. Como acreditar?”, pondera.

Clareza ajuda a projetar imagem pessoal

Externar clareza de ideias igualmente ajuda a projetar uma imagem pessoal positiva no ambiente profissional.  “Falar melhor revela um profissional melhor”, assinala Laila. A palestrante conta que frequentemente ouve falar de profissionais que foram convidadas para trabalhar em empresas com as quais mantinham contato porque mostravam fluência na escrita.

“Uma delas, que negociava constantemente com um fornecedor, foi chamada para uma entrevista por causa da clareza dos e-mails e da forma como apresentava seus argumentos”, conta Laila. “O texto revelou a personalidade objetiva dessa profissional.” 
 

registrado em: