Setor hoteleiro está otimista com novos negócios para Copa e Olimpíadas no Brasil

publicado 09/05/2011 11h42, última modificação 09/05/2011 11h42
Recife - Segmento já é o terceiro que mais cresce no País e principal desafio está em perseguir excelência no atendimento, ressalta Chieko Aoki, presidente do grupo Blue Tree Hotels.
chieko_aoki.jpg

A Copa do Mundo de 2014 e as Olimpíadas de 2016 no Brasil despertam grande interesse pela construção de novos hotéis. O setor está  planejando também reformas e ampliações na estrutura já existente, destaca Chieko Aoki, presidente do Grupo Blue Tree Hotels.

“Hoje, o mercado de viagens e hotelaria é o terceiro setor que mais cresce no País, atrás somente de petróleo e gás e da construção Civil. Todo o mercado está otimista; no entanto, temos uma grande lição de casa pela frente, desde defender a melhoria da infraestrutura do País até cuidar para que as empresas entreguem produtos e serviços com valor agregado, perfeição e excelência”, analisou Chieko, no "Sra. Presidente", evento que debateu a gestão sob a ótica feminina na Amcham-Recife na quarta-feira (04/05).

Chieko ressaltou que a excelência na prestação de serviços deve ser uma das principais preocupações das empresas ao receber os turistas que virão ao Brasil. “Atualmente, os clientes estão mais informados sobre os produtos que consomem. Fazem, inclusive, questão de propor como gostariam de ser satisfeitos, agregando experiências que tenham sido positivas. Sendo assim, a relação entre consumidores e prestadores de serviço tem de ser de parceria”, pontuou.

Gestão feminina

Na reunião da Amcham que reuniu uma plateia de 120 executivas, Chieko analisou as características femininas que são valorizadas no mundo corporativo.

“Mulheres gostam mais de compartilhar, conseguem fazer várias coisas ao mesmo tempo e são práticas, curiosas e sensíveis”, elencou a presidente do Grupo Blue Tree Hotels.

Chieko Aoki  participará na quarta-feira (11/05) também do comitê de Secretariado Executivo da Amcham-São Paulo, no qual abordará as melhores práticas de atendimento, que devem abranger tanto os clientes internos quanto os externos das organizações.

registrado em: