Amcham promove seminário sobre combate à pirataria no sábado (02/04)

por giovanna publicado 30/03/2011 10h09, última modificação 30/03/2011 10h09
São Paulo – Fórum de Conscientização de Educadores no Combate à Pirataria inaugura atividades do Projeto Escola Legal em 2011.

A pirataria de produtos e software é responsável por movimentar US$ 600 bilhões no mundo, um volume maior que o do narcotráfico, de US$ 360 bilhões. De acordo com o Conselho Nacional de Política Cultural (CNPC), o combate à pirataria envolve três formas de atuação:  repressiva, econômica e educativa.


Atuando na esfera educativa, a Amcham promoverá um encontro na sua sede em São Paulo para discutir a pirataria e seus males com educadores ligados a escolas das redes pública e privada no sábado (02/04), no Fórum de Conscientização de Educadores no Combate à Pirataria.


Entre os participantes, estarão educadores, empresários, patrocinadores, parceiros e autoridades. O evento, que vai das 9h às 17h, é o pontapé inicial das atividades do Projeto Escola Legal em 2011, uma realização da Amcham e um conjunto de parceiros para alertar crianças e jovens do ensino fundamental (entre 7 e 14 anos) sobre o problema da pirataria no Brasil e no mundo.


Por meio de atividades de conscientização da comunidade escolar, o Projeto Escola Legal busca transmitir a importância do conceito de propriedade intelectual, os problemas causados pela pirataria e valores como ética, moral e senso de coletividade, a fim de ajudar a desenvolver o senso de cidadania.

 

Para maiores informações, clique aqui.

registrado em: