Amcham retoma grupo de discussões sobre pirataria em saúde

por simei_morais — publicado 13/03/2013 14h57, última modificação 13/03/2013 14h57
São Paulo – Entidade e empresas do setor debatem formas de enfrentar o crime que gera prejuízos econômicos e à saúde pública.

A Amcham-São Paulo retomou nesta terça-feira (12/03) as atividades de seu grupo de discussões sobre pirataria em saúde. Este é um tema sobre o qual a entidade já realizou diversos estudos e debates.

A retomada acontece a partir da demanda de empresas associadas do setor de saúde e que são alvo de pirataria no mercado brasileiro. Além de provocar prejuízos financeiros às indústrias, que geram empregos formais e pagam impostos, esse tipo de crime provoca graves consequências à saúde pública.

Na mesma linha, a Amcham também mantém o Projeto Escola Legal (PEL), que conscientiza estudantes do ensino fundamental sobre os malefícios da pirataria.

Leia mais: Projeto Escola Legal, da Amcham, recebe prêmio do Ministério da Justiça por trabalho contra pirataria

 

registrado em: