Inovação: comitê aborda trâmites para captação de recursos para projetos de TI

publicado 10/12/2014 16h18, última modificação 10/12/2014 16h18
Goiânia – Ao investir em projetos de TI, governo prioriza rentabilidade e características que diferenciam concepções do resto do mercado.
jeferson-sena-6898.html



Os critérios a serem seguidos na captação de recursos para projetos de Tecnologia da Informação junto ao Governo Federal foi o tema em destaque no comitê aberto de TI da Amcham-Goiânia, em 04/11.


Ministrado pelo diretor da Ninho Desenvolvimento de Projetos, Jeferson Sena (confira aqui a apresentação completa), o encontro não só expôs as principais apoiadoras dos projetos de inovação tecnológica- Banco Nacional do Desenvolvimento (BNDES), Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e Financiadora de Estudos e Projetos (FINEP)- como , também, evidenciou as prioridades do governo ao investir em determinados projetos, entre elas rentabilidade e características que os diferenciam do resto do mercado.


No final, Sena respondeu algumas perguntas da plateia como, por exemplo, o que caracteriza um projeto como inovador e como a apresentação de uma idéia deve ser feita ao governo para que o apoio monetário possa ser concretizado de forma assertiva.

A seguir, a íntegra da apresentação de Jeferson Sena, diretor da Ninho Desenvolvimento de Projetos, durante o comitê aberto de TI da Amcham-Goiânia, realizado em 04/11:


 

 

registrado em: