Skip to content. | Skip to navigation

Investidor anjo: 59% dos executivos brasileiros pretendem investir em até 3 startups em 2022

publicado 14/04/2022 06h00, última modificação 14/04/2022 11h42
O dado é da Pesquisa “Raio X do Investimento Anjo”, realizada pela Amcham Brasil com os principais líderes do mercado nacional
Raio X do Investidor anjo.jpeg

Baixe agora a cartilha "Raio X do Investimento em Startups" gratuitamente

Investidor anjo é a pessoa que investe o seu próprio patrimônio — por volta de 5% a 10% de seu capital — em startups com alto potencial de retorno. No Brasil, é muito comum que executivos de grandes organizações, ao buscarem por novas oportunidades de investimento, se tornem investidores anjo.

Atualmente, eles são a maior fonte de capital das startups que se encontram na fase de crescimento ou na etapa final de validação. 

Continue lendo para saber mais sobre a pesquisa e as principais tendências de investimento em startups para 2022!

 

Principais tendências do investidor anjo em 2022

Em 2021, os investimentos em startups alcançaram a marca de US$9,4 bilhões no Brasil. A tendência é que as startups brasileiras obtenham crescimento semelhante em 2022.

De olho nesse movimento, a Amcham realizou a pesquisa “Raio-X do Investimento Anjo no Brasil em 2022” para analisar as intenções e dimensões dos investimentos em startups para o ano.

O levantamento entrevistou 320 dos principais CEO’s, diretores e líderes de empresas que pertencem ao Amcham Angels - comunidade que faz a ponte entre líderes investidores e startups de alto impacto.

Veja alguns dos principais insights da pesquisa!

 

Segmentos mais procurados pelo investidor anjo

Os ramos que os investidores pretendem investir são áreas estratégicas e fortes na economia do país. Veja as 7 principais:

- Agritechs: voltadas para o agronegócio e a cadeia produtiva do campo;

- Healthtechs: da área da saúde;

- ESG: investem em iniciativas ambientais, sociais e de governança; 

- Logtechs: atuam no setor de logística e na área de transporte; 

- Salestech: direcionam suas ideias para a execução de estratégias de vendas; 

- Indtechs: voltadas para o desenvolvimento de novas tecnologias para fabricação inteligente.

- Smartcities: voltadas a resolver problemas urbanos;

 

LEIA MAIS: Startups tech: saiba como elas podem colaborar na transformação digital da sua empresa

 

Diversidade dos aportes para investimento

36% dos entrevistados pretendem investir entre R$20 mil e R$100 mil reais em 2022. Esses aportes devem ser usados para desenvolver conexões estratégicas com uma quantidade específica de inovações durante o ano. Confira a diversidade dos aportes:

- 59% pretendem fazer investimento em até três startups

- 30% em somente uma empresa;

- 7% de quatro a cinco startups;

- 4% em mais de uma.

 

O aporte de milhões do investidor anjo para 2022

Considerando que dois terços dos entrevistados nunca investiram em startups anteriormente, a Amcham quis saber porque esses executivos decidiram se tornar investidores anjo. A pesquisa apontou que um dos principais motivos é a possibilidade de criar conexões, já que esse tipo de aporte abre espaço para relacionamento e networking.

No papel de maior comunidade multissetorial do país, a Amcham é a plataforma de conexões mais efetiva e relevante do mercado para ajudar líderes investidores a encontrarem as startups mais inovadoras do mercado. Seja para parcerias de negócios através do Amcham Arena ou para se tornar um investidor anjo através do Amcham Angels.

Quer saber mais sobre as tendências e oportunidades do mercado de investimento em startups para 2022 no Brasil? Elaboramos a cartilha “Raio-X do investimento em startups” para direcionar sua tomada de decisão no tema! Baixe o material gratuito aqui.