O acesso ao dinheiro ficou mais fácil, afirma CEO da Mastercard

publicado 05/07/2019 17h58, última modificação 25/07/2019 15h13
Brasília – O executivo foi um dos palestrantes do CEO Fórum 2019, em Brasília
João-Pedro-Paro-Neto-no-CEO-Fórum-de-Brasília.jpg

João Pedro Paro Neto, CEO da Mastercard Brasil, no CEO Fórum de Brasília

e acordo com João Pedro Paro, CEO da Mastercard, graças à tecnologia digital, hoje há diferentes formas de acesso ao dinheiro, e com isso realizar transações ficou mais fácil. “O que era muito mais difícil no passado, melhorou para nós como empresa da indústria do pagamento e como consumidores também”, afirma.

O executivo foi um dos convidados a palestrar no CEO Fórum, no dia 26/6. O evento que faz parte das comemorações do nosso centenário aconteceu no teatro do Royal Tulip, durante a manhã e teve como tema “Inovação e Legado”. Também estiveram presentes Fábio Bindes, CEO e fundador do Sushiloko e Paula Paschoal, CEO da Paypal, além de Hélio Magalhães, ex-presidente e atual membro do Conselho da Amcham Brasil.

OLHAR ALÉM

Destacando o papel da tecnologia digital na comunicação e alcance do público, Fábio Bindes compartilhou a trajetória de crescimento e desafios da rede Sushiloko. “A gestão do marketing foi o fator chave de mudança para o nosso negócio. Hoje estamos em um oceano azul quando o assunto é Marketing Digital no Brasil, porque poucas pessoas investem e menos ainda investem da maneira correta”, ponderou.

Segundo Paro, a evolução da tecnologia digital está em evidência. “Em 2001, no começo do sec. XXI, entre as cinco maiores empresas que existiam no mundo, quatro eram tradicionais, ou seja, empresas de commodities e empresas industriais, por exemplo. Apenas uma delas era de tecnologia. Hoje, as cinco maiores empresas são de tecnologia. Isso significa alguma coisa”, ressaltou.

Hélio Magalhães, membro e ex-presidente do nosso conselho administrativo, compartilhou experiências sobre os desafios e dilemas enfrentados por empresas tradicionais. “Fico muito feliz de estar hoje aqui comemorando os 100 anos da Amcham. Essa é uma organização que está se transformando, mas para muitas empresas essa mudança não é simples”, destacou.

Por fim, Paula Paschoal apontou a diversidade e inclusão como características fundamentais na composição dos valores de uma empresa. “A diversidade no Brasil é um fato. Temos 54% da população composta por negros, 53% da população composta por mulheres. A inclusão é uma escolha e nós escolhemos ser uma empresa que inclui as pessoas”, destacou.