Amcham sedia conferência internacional de arbitragem na próxima terça-feira (18/11)

publicado 12/11/2014 12h20, última modificação 12/11/2014 12h20
São Paulo – Volkswagen, Odebrecht, Ecorodovias e Airliquide comentam as vantagens e desafios da arbitragem
icdr-7606.html

Na quinta-feira (18/11), às 8h30, a Amcham e a Associação Americana de Arbitragem (AAA), por meio de sua divisão ICDR (International Centre for Dispute Resolution), promovem a 8ª Conferência de Arbitragem e Mediação Internacional, com especialistas brasileiros e estrangeiros.

O primeiro dos três painéis é dedicado às empresas e escritórios de advocacia. Executivos da Volkswagen, Odebrecht Energia, Ecorodovias e Airliquide trocam experiências sobre o papel dos diretores jurídicos na gestão da arbitragem. Representantes da TozziniFreire Advogados e do escritório americano Baker & McKenzie completam o painel, apresentando a visão dos advogados.

No segundo painel, árbitros do Brasil e EUA relatam os desafios inerentes à função de intermediação de conflitos. Em seguida, o árbitro internacional e professor Julian Lew, apresenta as perspectivas sobre o futuro da arbitragem. Lew é professor e ex-presidente da Escola de Arbitragem Internacional da Universidade Queen Mary de Londres, uma das mais conceituadas do mundo.

O terceiro e último painel é reservado aos advogados que participam de arbitragens internacionais. Especialistas americanos dos escritórios Hogan Lovells, King & Spalding e Chaffetz Lindsey juntam-se aos colegas brasileiros da Justen, Pereira, Oliveira & Talamini Advogados e Hapner & Kroetz Advogados para examinar temas referentes à gestão de riscos em procedimentos arbitrais.

registrado em: