Dislub: case de como empreender com sucesso

publicado 22/01/2014 12h06, última modificação 22/01/2014 12h06
Recife - Humberto Carrilho, CEO do Grupo Dislub Equador, participou do evento "Café com Presidente"
cafe-com-o-presidente-8900.html

Há dois aspectos recorrentes na carreira e personalidade de praticamente todo empreendedor: o vício no trabalho e a constante busca pela realização de um sonho. A afirmação é do CEO do Grupo Dislub Equador, Humberto Carrilho, fundador da sexta maior rede de distribuição de combustível do Brasil, com escritórios também na Venezuela e Uruguai. Inicialmente uma rede de distribuição de lubrificantes, o grupo foi criado em 1997 e, atualmente, atua com 350 postos em 13 estados do país.

Primeiro palestrante de 2014 da Amcham-Recife, Carrilho participou, na terça-feira (21/01), do Café com Presidente, evento que reuniu quase 60 executivos locais. “Para empreender, deve-se, obviamente, encontrar algo com o que se identifique, como foi o meu caso. Caí de paraquedas no ramo, mas acabei gostando muito do que fazia”, comentou o CEO em sua apresentação sobre A arte de empreender no Brasil. “Além do mais, trabalhar com combustível é movimentar a economia de maneira forte e presente, o que considero uma grande vantagem da área”.

Maior vitória da história da Dislub, o  terminal de abastecimento de combustível de Itacoatiara, no Amazonas, foi inaugurado em março de 2013. “Nossas maiores virtudes no desenvolvimento e consolidação da marca foi, sem dúvida, perseverança e dedicação. A burocracia em Itacoatiara, por exemplo, nos gerou um grande negócio. O maior até agora”, ressaltou Carrilho, ao apontar justamente a burocracia, que representa um dos maiores empecilhos para investimentos no país pelos próprios brasileiros, como uma oportunidade de gerar negócio.  

“Queremos sim inovar e trabalhar sempre com ideias novas. No entanto, nossa linha de trabalho, que é a distribuição de combustível, é prioridade e será mantida e incentivada”, explicou o CEO, que, em 2004, iniciou uma grande interiorização em toda Região Amazônica. “É importante que todo negócio tenha um direcionamento estratégico”.  

Ainda direcionando o investimento para a Região Norte, os planos da Dislub, em 2014, continuam altos. E, desta vez, o local escolhido foi o Pará. “Pretendemos implantar dois terminais de combustível no estado: um em Itaituba e outro Altamira”, informou Carrilho.

registrado em: