Blue Sol: capacitação para gerar energia renovável

publicado 09/12/2016 12h29, última modificação 09/12/2016 12h29
Sistema fotovoltaico gera oportunidade para novos negócios com baixo impacto ambiental
blue-sol-716.html

Gerar energia elétrica de forma independe e com baixo impacto na emissão de gases do efeito estufa pode ser uma alternativa eficiente para contribuir com o meio ambiente e o orçamento familiar. No Brasil, o sistema fotovoltaico é um dos métodos mais utilizados para isso. Ele capta os raios solares e converte a luz nas características da rede elétrica tradicional, diminuindo a necessidade de consumo dos serviços fornecidos por concessionárias de energia.

A Blue Sol, empresa brasileira fundada em 2009, dedica-se exclusivamente a esse segmento. Além de fornecer os equipamentos necessários para o sistema, também promove cursos de capacitação que são disponibilizados ao público por meio de uma plataforma online. O projeto tem como propósito formar empreendedores que consigam mudar a sua realidade de vida ou achar uma nova oportunidade de profissão vendendo e instalando os sistemas fotovoltaicos no país.

A iniciativa rendeu a empresa o Prêmio ECO 2016 da Amcham, que elege os melhores casos de sustentabilidade do mercado. Para José Renato Colaferro, diretor executivo da empresa, o reconhecimento é importante, porque “dissemina o conhecimento do setor de energia que é muito incipiente no país. Essa expansão de conhecimento é o mais relevante”.

Todos os cursos são produzidos com base em experiências reais, adquiridas através da troca de informações entre técnicos, engenheiros e professores da empresa. Até o momento, o programa de capacitação já treinou mais 3.000 pessoas no setor. “Tentamos criar um mecanismo simples para que centenas de pessoas possam entrar no segmento, porque abrir uma empresa e arcar com os custos de um setor como esse é muito alto. Isso pode transformar uma vida”, enfatiza Colaferro.

De acordo com a Blue Sol, a cada novo sistema fotovoltaico instalado no Brasil diminui a necessidade de utilização de usinas hidroelétricas e termoelétricas, com alto impacto ambiental. Além disso, a estrutura utilizada para a captação solar também apresentam um ciclo de vida duradouro e não demanda manutenção frequente.

registrado em: