Diageo vence Prêmio ECO 2012 com programa de reciclagem de vidro que envolve toda a cadeia produtiva

por marcel_gugoni — publicado 28/11/2012 13h54, última modificação 28/11/2012 13h54
São Paulo – Estabelecimentos, cooperativa e fabricantes se unem para recuperar e transformar resíduos de vidro em novas embalagens
vidro_diageo_195.jpg

A ideia dos funcionários da fabricante de bebidas Diageo de destinar o vidro das garrafas para reciclagem responsável garantiu à empresa o Prêmio ECO 2012 na categoria Sustentabilidade em Processos da modalidade ‘Práticas de Sustentabilidade’, entre grandes empresas.

Premiados: Amcham anuncia empresas vencedoras do Prêmio ECO 2012

A cerimônia de entrega da premiação será em 11/12, na sede da Amcham-São Paulo.

O projeto da Diageo, chamado ‘Glass is Good’ e iniciado em novembro de 2010, é uma parceria com a fabricante de vidros Owens Illinois, a Cooperativa de catadores ViraLata e restaurantes, bares e casas noturnas. Os estabelecimentos participantes separam e armazenam as garrafas e demais recipientes recicláveis para que a cooperativa os recolha.

“Oferecemos o serviço completo de reciclagem”, disse Tatiana Correia, gerente de Responsabilidade Social da Diageo para Brasil, Uruguai e Paraguai. A coleta de material vai desde alumínio, plástico e papelão até a embalagem de vidro. “O foco do programa é no vidro, porque é o principal resíduo gerado pela nossa operação”, detalha.

Veja aqui quais são as vantagens de ser sócio da Amcham 

Em seguida, os resíduos de vidro são separados, triturados e vendidos a preços de mercado, para a indústria vidreira, que, por sua vez, os aproveita na produção de novas garrafas.

O diferencial do programa é engajar a cadeia produtiva – fornecedores, cooperativa e sociedade – na transformação de resíduos de vidro em novas embalagens. “Coletamos todo tipo de vidro, seja de outros produtos ou até dos concorrentes porque não faria sentido recolher apenas o nosso”, afirma a executiva.

O processo se enquadra na Lei 12.305/10, que estabelece a Política Nacional de Resíduos Sólidos, e garante um ciclo de vida infinito aos recipientes de vidro.

Do início do programa até outubro de 2012, o programa da Diageo foi responsável pela reciclagem de 1,4 mil toneladas de vidro.

O descarte correto de garrafas de vidro impede que se acumulem no meio ambiente, gera renda aos cooperados e também contribui para a queda da emissão de gases de efeito estufa (CO2) na produção de novas embalagens.

Há espaço para ampliar o programa, pois apenas 47% de todo material produzido pela indústria vidreira no Brasil são hoje reciclados. A decomposição do vidro na natureza leva mais de quatro mil anos e, devidamente tratado, pode ser reciclado total e infinitamente.

Quer participar dos eventos da Amcham? Saiba como se associar aqui

De acordo com a Diageo, a iniciativa se trata de contribuir para a sustentabilidade por meio da conservação de matéria-prima e da redução do consumo de energia, emissão de CO2 e resíduos enviados a aterros sanitários. O projeto piloto foi iniciado em novembro de 2010 em São Paulo, e o programa de coleta foi ampliado recentemente para Recife.

“Queremos consolidar a operação em Recife até o primeiro semestre de 2013, período que pretendemos estender o projeto ao Rio de Janeiro e a Fortaleza”, revela Tatiana.

Reconhecimento

Ganhar o Prêmio ECO é uma forma de validar os esforços em sustentabilidade e inspirar outras práticas de sustentabilidade, segundo Tatiana. “Ficamos honrados em receber o prêmio, por entender que ele é pioneiro e vem de uma época em que sustentabilidade nem era um termo conhecido.”

Lançado pela Amcham em 1982, o Prêmio ECO é pioneiro no reconhecimento de companhias que adotam práticas sustentáveis no Brasil. Desde 1982, o Prêmio ECO já mobilizou 2.117 companhias brasileiras e multinacionais. Elas foram responsáveis pela inscrição de 2.630 projetos.

registrado em: