Fabricante de cosméticos Surya Brasil leva dois troféus do Prêmio ECO 2012

por marcel_gugoni — publicado 07/11/2012 17h02, última modificação 07/11/2012 17h02
São Paulo – Preocupação de envolver no conceito de sustentabilidade toda a cadeia de produção e os stakeholders faz empresa ser reconhecida
surya_brasil_195.jpg

Cosméticos veganos, naturais e orgânicos. Este é o negócio da Surya Brasil, vencedora de dois troféus do Prêmio ECO 2012, na modalidade Estratégia, Liderança, Inovação e Sustentabilidade (Elis) e na categoria Sustentabilidade em Produtos da modalidade Práticas de Sustentabilidade, entre os concorrentes de pequeno e médio portes.

Premiados: Amcham anuncia empresas vencedoras do Prêmio ECO 2012

Na modalidade Elis, que reconhece a sustentabilidade inserida na estratégia de negócios, a Surya Brasil conquistou o prêmio com a aplicação do conceito da sustentabilidade quântica, que visa a instituir mudanças individuais e coletivas na relação entre pensamento, vida e experiência. A companhia trabalha constantemente na conscientização de seus colaboradores procurando gerar qualidade de vida no trabalho e estimulando a criatividade.

Na categoria Sustentabilidade em Produtos, a vitória veio pelos produtos veganos orgânicos que a companhia desenvolve, com a preocupação de que o conceito de sustentabilidade envolva toda a cadeia de produção e os stakeholders.

A Surya Brasil participa pelo quarto ano seguido no Prêmio ECO. A empresa, inscrita sob o nome da fábrica Vedic Hindus, já havia ganhado o Prêmio ECO em 2009, na antiga modalidade Sustentabilidade no Modelo de Negócios.

Veja aqui quais são as vantagens de ser sócio da Amcham 

A cerimônia de entrega do Prêmio ECO 2012 será em 11/12, no Business Center da Amcham-São Paulo.

Beleza sustentável

A Surya Brasil, fundada em 1995, tem uma fábrica no bairro do Butantã (Zona Oeste de São Paulo) e um spa na Vila Mariana (Zona Sul de São Paulo) onde oferece cursos e vende seus produtos. A empresa também tem representações nos Estados Unidos e na Índia, e vende seus produtos a mais de 20 países, incluindo europeus e asiáticos.

A ética e a transparência servem como mote do respeito ao consumidor, à vida, ao planeta e à sociedade, buscando alternativas na fabricação de produtos de beleza. Xampus, cremes e tinturas para cabelos, cremes para as mãos e para o corpo, esmaltes de unha e batons fazem parte do mix.

Além de não testar nenhum de seus itens em animais, a Surya Brasil baniu as matérias-primas vindas dos bichos. A empresa diz que busca a sustentabilidade em seus fornecedores de matérias-primas, preferindo materiais como fibra de coco e plásticos pet com menor tempo de biodegradação.

O consumidor também entra na cadeia de geração de valor quando devolve as embalagens dos produtos. O “Projeto Desconto”, em implementação, deve garantir abatimento no preço de novas compras da linha.

Práticas da organização

As práticas com preocupação socioambiental da empresa se estendem desde a produção até o engajamento dos colaboradores e fornecedores. Para a empresa, “a conscientização é a base de toda a existência”.

Quer participar dos eventos da Amcham? Saiba como se associar aqui

Entre as ações realizadas com foco nos funcionários, estão cafés da manhã veganos e orgânicos, atividades como ioga e jogos cooperativos, além de incentivar o cuidado de uma horta coletiva e de uma planta individual, que cada colaborador recebe ao ser admitido e de cuja rega ele fica responsável. Os colaboradores também recebem um copo de bambu, o que evita o uso de descartáveis.

As operações da empresa buscam minimizar o impacto ambiental por meio de projetos como captação de água da chuva (usado na fábrica de SP), com reaproveitamento na limpeza e na descarga dos banheiros. Além disso, há programas de reciclagem de embalagens e outros resíduos de escritório, assim como adaptação dos sistemas de aquecimento para o aproveitamento da energia solar e de um ‘teto verde’ – uma cobertura vegetal construída para reduzir as temperaturas do ambiente interno.

“Devido ao DNA da Surya Brasil, hoje somos a única empresa brasileira de cosméticos que está presente em 95% do território nacional americano, em um setor bastante especifico, que é esse nicho de mercado de cosméticos orgânicos”, afirmou Clélia Angelon, fundadora da Surya Brasil.

Segundo ela, um reconhecimento como o Prêmio ECO mostra que a empresa está alcançando seu objetivo de estar sempre em evolução. “É uma oportunidade de ser reconhecido e mostra que o ser humano procura saúde e busca viver bem”, diz. “Quando começamos, nossa empresa era chamada de vegana e achávamos que éramos mais uma ONG do que empresa. Hoje já é grande o número de empresas que não fazem mais testes em animais.”

O Prêmio ECO

Lançado pela Amcham em 1982, o Prêmio ECO é pioneiro no reconhecimento de companhias que adotam práticas sustentáveis no Brasil. Desde 1982, o Prêmio ECO já mobilizou 2.117 companhias brasileiras e multinacionais. Elas foram responsáveis pela inscrição de 2.630 projetos.

registrado em: