Inclusão e Diversidade foram tendências entre os vencedores do Prêmio ECO de sustentabilidade empresarial

publicado 15/01/2019 11h56, última modificação 18/01/2019 15h36
Brasil – Dos 46 projetos vencedores, 6 foram de Inclusão; cerimônia de entrega será em 21/2
SãoPaulo_CapaMatéria_Lançamento_v3.jpg

Ações afirmativas de inclusão e diversidade vêm ganhando espaço nas empresas e no universo da Sustentabilidade, conforme atestam os vencedores do Prêmio ECO Amcham Estadão. Dos 46 projetos ganhadores da 36ª edição do ECO, seis se referem ao tema. A cerimônia de entrega de troféus será em 21/2 na Amcham-São Paulo.

O Prêmio ECO recebeu 90 inscrições de projetos de empresas de todos os portes e setores. O ECO se divide em duas categorias: Processos e Produtos ou Serviços, e as empresas podiam inscrever trabalhos em uma ou ambas as modalidades. Ao final, 46 projetos de 38 empresas foram declarados vencedores.

Entre os projetos de inclusão, estão a formação de mulheres eletricistas da Energias do Brasil (subsidiária do grupo português EDP) e o Guiaderodas (aplicativo que compartilha informações sobre a condição de acessibilidade dos estabelecimentos), usado hoje em mais de sessenta países.

“O tema da inclusão tem se tornado bandeira de frente no meio corporativo. As empresas tem indo além da eco eficiência, fazendo muito mais do que se espera delas", segundo Daniela Aiach, Diretora do Business Center da Amcham-Brasil e responsável pelo Prêmio ECO.

Além de inclusão e diversidade, outros sub-temas aparecem em destaque, como: eficiência hídrica e energética, cidades inteligentes, produtos criados para serem reciclados, educação e outros. Para entendimento dos principais “drivers”, a organização do Prêmio Eco dividiu os projetos vencedores em 4 grandes temas: Estratégia e Gestão, Inovação, Capital Natural e Diversidade e Inclusão Social.

#PremioECO: 14 empresas que são destaque em inserir sustentabilidade na estratégia e gestão

#PremioECO: 6 empresas que transformaram diversidade e inclusão em plataforma sustentável

#PremioECO: 15 projetos que diminuíram impacto dos negócios na natureza

#PremioECO: 11 inovações de produtos e serviços sustentáveis que apontam tendências de consumo


Avaliação dos projetos

O sistema de avaliação dos projetos busca dar aos concorrentes a oportunidade de corrigir e aperfeiçoar práticas, disse Aiach. Cada trabalho é avaliado por três jurados independentes e de experiência notória no tema. As notas são atribuídas conforme sete critérios, entre eles relevância, replicabilidade e potencial de resultados. Quando há avaliações muito discrepantes, um quarto jurado é acionado para aplicar suas notas.

Depois que os vencedores são anunciados, a Amcham envia o feedback dos projetos às empresas. Isso ajuda a mostrar quais os pontos fortes e fracos e indica oportunidades de melhoria futura. “As empresas nos cobram esse retorno. Muitas aprimoraram seus projetos com base no gráfico de feedback”, disse Aiach.

O Prêmio ECO

Desde 2016, o Prêmio ECO é feito em parceria com o jornal Estado de São Paulo. Além de ações conjuntas de divulgação, a Amcham publica conteúdo exclusivo de sustentabilidade no blog Ecoando, sobre as principais práticas empresariais e tendências no universo da Sustentabilidade.

Criado em 1982 pela Amcham, o Prêmio ECO é a primeira ação brasileira de reconhecimento e divulgação de empresas e projetos que caminham para a sustentabilidade.

registrado em: ,