Ir além de “rótulos verdes” pode gerar demanda verdadeira por produtos sustentáveis

publicado 19/12/2013 16h34, última modificação 19/12/2013 16h34
Recife - Disseminação, Estruturação e Customização compõem regras para evolução efetiva da sustentabilidade em uma organização, explica especialista
fabio-rocha-3991.html

Recife - Na quinta-feira (12/12),  a Amcham Recife recebeu  o especialista em sustentabilidade e sócio-diretor da Damicos Consultoria,  Fábio Rocha, para abordar o tema  “Negócios socialmente responsáveis e sustentáveis: o processo de implementação da cultura e da gestão sustentável na prática”.  No encontro, além de ressaltar a sustentabilidade como uma nova variável nos negócios, na sociedade e na gestão, Rocha enfatizou que todos precisam entender e lidar com os desafios que este tema impõe.  “Todo gestor e profissional necessitará deste conhecimento para sua sobrevivência e da sua organização no mercado”, afirma.

Segundo o especialista, 94% das companhias carecem de estratégias de longo prazo adequadas para lidar com a escassez de recursos naturais. A maior competição pelos recursos conduzirá à volatilidade de preços e escassez de oferta tornando essencial que empresas competitivas operem junto aos fornecedores de modo colaborativo.  Além disso, “Empresas sustentáveis superam seus pares em termos de retornos de ações e desempenho operacional, mesmo que retornem em ativos ou capitais próprios.

Conforme explica o palestrante, a evolução efetiva da sustentabilidade em uma organização se dá por três regras: Disseminação, Inserção e Internalização da Sustentabilidade na Cultura Organizacional; Estruturação do Modelo de Gestão da Sustentabilidade integrado ao Modelo de Gestão da Organização e Customização da Agenda de Sustentabilidade.

Abaixo, o material apresentado por Fábio Rocha no Comitê de Sustentabilidade:

 

 

 





 

registrado em: