Orbenk: limpeza com produtos biodegradáveis e neutralização da emissão de carbono

publicado 09/12/2016 11h59, última modificação 09/12/2016 11h59
Programa de sustentabilidade da empresa prega ainda consumo consciente e descarte correto de resíduos
orbenk-343.html

A prestação de serviços é um dos segmentos que tem baixo impacto ambiental. Este fato, no entanto, não impediu a Orbenk, empresa especializada em serviços de limpeza e conservação de ambientes, de adotar práticas sustentáveis em seus processos. O Programa ECORBENK, que promove ações de conscientização ambiental e soluções sustentáveis desde 2012, foi premiada no Prêmio Eco da Amcham em 2016 na categoria Processos - Empresas de Porte Grande. “Nossa empresa não é uma indústria petroquímica ou de celulose, mas nossa atividade tem um impacto no ambiente, embora pequeno, e às vezes é algo que nem imaginamos”, aponta Fabio Yamashita, Gerente de Planejamento e Desenvolvimento da empresa.

Yamashita conta que há pelo menos cinco anos a empresa já realizava uma série de ações sustentáveis, mas que foram devidamente estruturadas em quatro pilares: produtos amigos da natureza, emissão de gases, o descarte correto de resíduos sólidos e consumo consciente.

Por ser uma empresa especializada em serviços de limpeza, há a preocupação em usar produtos e insumos que ofereçam o menor impacto ambiental, como produtos de limpeza biodegradáveis. A companhia também proibiu o uso de produtos ácidos e substituiu detergentes com alto teor de espuma. As lavadoras automáticas de piso com sistema ec-H2O® também foram uma mudança importante adotada pela empresa: a tecnologia desses aparelhos consegue converter a água em solução detergente, o que reduz em 70% o consumo de água e 100% o consumo de produtos químicos.

Anualmente, a empresa também coleta dados e informações para calcular a emissão de carbono gerada durante seus processos, realizando ações para compensar essa externalidade. A precisão do dado permite saber qual o número e espécie de árvores que precisam ser plantadas para neutralizar as emissões de CO2 daquele período.

O consumo consciente faz parte do dia-a-dia da corporação: ações relativamente simples, como a substituição de lâmpadas incandescentes e sensores de presença em áreas comuns conseguiram reduzir o consumo de energia; o incentivo à geração de formulários e documentos eletrônicos economizou papel e o rastreamento da frota de veículos da área operacional permitiu a otimização das rotas, resultando em menor consumo de combustível. Além disso, a organização se preocupa com a reciclagem e destinação de resíduos, principalmente no caso de lixo eletrônico, pilhas e baterias, por exemplo.

Após a adoção do programa, a empresa percebeu melhorias como redução de custos, aumento do reconhecimento junto ao mercado, aumento na receita de contratos e na fidelização de clientes, além de promover a conscientização ambiental junto a seus colaboradores e parceiros. Do lado do meio-ambiente, isso representou a economia de sete milhões de litros de água, a neutralização de mil toneladas de gás carbônico, plantio de mais de seis mil mudas de árvores, arrecadação e destinação correta de 2,5 toneladas de lixo eletrônico no ano de 2015.

Para Yamashita, o reconhecimento de ser uma empresa ambientalmente responsável perante ao mercado é o maior benefício para a organização. “É algo que pregamos dentro de nossos valores e da nossa missão. E o Prêmio Eco, por sua força, também foi muito gratificante. Já fomos reconhecidos em outras premiações, mas o Prêmio Eco foi muito importante para nós”, comemora.

registrado em: